Poder de compra do avicultor de postura recua pelo 3º mês consecutivo

ovosEmbrapa-Paulo Lanzetta.jpg8.jpg
Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

Ainda que a movimentação de preços no mercado de grãos tenha sido favorável ao avicultor de postura em julho, as desvalorizações mais expressivas dos ovos comerciais reduziram o seu poder de compra frente aos principais insumos utilizados na atividade. Assim, segundo pesquisadores do Cepea, as quantidades de milho e de farelo de soja que o produtor pôde comprar diminuíram pelo terceiro mês consecutivo.

Segundo a equipe de Grãos do Cepea, as desvalorizações do milho estiveram atreladas ao avanço da colheita da segunda safra, que elevou a disponibilidade do cereal na maior parte das regiões acompanhadas.

Em relação ao farelo de soja, o movimento de queda esteve associado ao menor ritmo de negócios, uma vez que vendedores já comercializaram boa parte da safra 2018/19, e compradores do derivado, já abastecidos, passaram a adquirir volumes menores.

Os preços dos ovos branco e vermelho tipo extra, por sua vez, caíram com maior intensidade em julho, devido ao menor ritmo de negócios, que está atrelado à redução da procura no período de férias escolares e à existência de estoques, observados especificamente no início do mês.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: