CMN autoriza prorrogação das parcelas do crédito de custeio do arroz

arroz em casca 5 3 19 irga rs
Foto: Irga/Gov. RS

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou, em reunião extraordinária nesta quarta-feira (14), as instituições financeiras a prorrogar o vencimento das parcelas de crédito rural de custeio do arroz, vencidas ou vincendas em julho e agosto de 2019, contratadas no ano agrícola 2018/2019.

A medida, informa o Ministério da Economia, objetiva dar aos produtores do cereal prazo adicional para comercializar, em melhores condições, o produto colhido na safra 2018/2019.

As parcelas prorrogáveis devem ser atualizadas pelos encargos contratuais de normalidade. O pagamento poderá ser efetuado em até três parcelas mensais e consecutivas, com o vencimento da primeira em outubro de 2019.

Segundo o Ministério da Economia, a relação entre os custos variáveis de produção e o preço médio no Rio Grande do Sul (principal produtor de arroz do país) aumentou 25% entre as safras de 2012/13 a 2016/17 e as safras de 2017/18 a 2018/19.

“Essa evolução do custo indica compressão das margens dos produtores de arroz, o que compromete a capacidade de pagamento dos financiamentos, particularmente das operações de custeio contratadas a partir do ano agrícola 2018/2019”, ressalta nota divulgada pelo Ministério da Economia.

“Esta é uma medida que dá fôlego ao setor, que espera uma resposta do governo para as dívidas acumuladas”, enfatiza o senador gaúcho Luis Carlos Heinze. O parlamentar tem buscado, junto ao Planalto, alternativas para solucionar a crise no setor orizícola.

A prorrogação foi autorizada pelo Banco Central, por meio da Resolução nº 4.738, de 14 de agosto de 2019. Leia abaixo:

resolucao bc arroz custeio

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: