Em reunião com Bolsonaro, Aprosoja condena propostas de moratória da soja

aprosoja bolsonaro marcos correa pr
Foto: Marcos Corrêa/PR

Os sojicultores reiteraram ao presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (29), sua contrariedade em relação às propostas de moratória da soja. Segundo eles, isso fere a soberania das leis brasileiras com objetivo de criar reservas de mercado.

O posicionamento foi manifestado durante audiência com Bolsonaro, no Palácio do Planalto. Lideranças   políticas de Mato Grosso e representantes de entidades do agro, entre eles Bartolomeu Braz Pereira e Antônio Galvan, respectivamente, presidente e vice da Aprosoja Brasil e presidente da Aprosoja MT, participaram do encontro.

O objetivo da reunião foi o de permitir as entidades apresentassem ao presidente informações importantes sobre a sustentabilidade da produção agropecuária brasileira.

A posição sobre a moratória da soja foi reafirmada por Bartolomeu Braz e Antônio Galvan. Ele também a ampliação do comércio exterior de produtos agropecuários brasileiros.

Da redação, com Aprosoja

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: