Governo de SP capacita produtores para aumentar produção de leite

capacitacao produtores de leite de sp secretaria agricultura divulgacao
Foto: Secretaria de Agricultura de SP/Divulgação

Aumentar a produção e produtividade dos rebanhos leiteiros. Com este objetivo, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo promoveu, em Pedranópolis, o curso Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) na Bovinocultura de Leite. Por meio da capacitação, os produtores e técnicos conheceram o uso e aplicabilidade dessa tecnologia, aspectos da fisiologia reprodutiva das matrizes leiteiras e quais as condições mínimas para a implantação da IATF nos rebanhos.

Organizada pela Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS) da Secretaria de Agricultura, pela Regional Fernandópolis e pela Casa da Agricultura de Pedranópolis, a capacitação ocorreu no fim de agosto.  Vinte e quatro produtores e técnicos participaram do curso, coordenado pelo engenheiro agrônomo Mauro Rubens Dall’Aglio Foss.

Na parte da manhã, na Câmara Municipal de Pedranópolis, o médico veterinário Claudio Camacho Pereira Menezes, da Regional Fernandópolis, fez palestra sobre a Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) na Bovinocultura de Leite, abordando os conhecimentos necessários ao uso da tecnologia.

Na parte da tarde, os participantes foram até a Chácara São Pedro, propriedade de Lourdes José da Silva Adami, no município de Pedranópolis, onde receberam orientações técnicas e puderam praticar a aplicação dos protocolos hormonais necessários à IATF em vacas e novilhas leiteiras, com hormônios fornecidos pela empresa Biogénesis Bagó, parceira do evento juntamente com a CRV Lagoa – Fernandópolis e a prefeitura municipal de Pedranópolis, que apoia o Projeto de Fortalecimento e Sustentabilidade da Cadeia Produtiva do Leite na Regional de Fernandópolis.

Inseminação Artificial em Tempo Fixo

A tecnologia de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) tem se difundido nas propriedades leiteiras por apresentar inúmeras vantagens, tais como:  eliminar o trabalho de detecção de cio, facilitar o manejo da inseminação artificial; concentrar o trabalho em dias pré-determinados, possibilitar o planejamento do período de parição; aumentar o número de animais inseminados ao longo do ano, o que permite um incremento no ganho genético do rebanho leiteiro.

Produtores de Pedranópolis fazem venda conjunto de leite

O município de Pedranópolis tem 517 propriedades rurais, com predominância de pequenos produtores, com média de 24hectares sob sistema de produção familiar. A produção familiar possui destaque, especialmente na bovinocultura de leite, com produção estimada em 3.250.000L/ano.

A partir de fevereiro de 2017, os produtores de leite de Pedranópolis se reuniram e deram início à reativação da Associação dos Pequenos Produtores Rurais os Pioneiros. Atualmente, esse grupo conta com a participação de 60 produtores de leite, que realizam a negociação e venda do leite em conjunto, assim como a compra de diversos insumos utilizados na bovinocultura leiteira.

Contudo, a produtividade média dos rebanhos ainda é muito baixa. Os baixos índices mostram que há amplas possibilidades de aumento de produção e de produtividade nos rebanhos leiteiros, por meio de melhorias nos índices produtivos e especialmente reprodutivos. A eficiência reprodutiva é um dos fatores que mais contribuem para melhorar o desempenho e a lucratividade dos rebanhos leiteiros.

Da redação, com Secretaria de Agricultura de SP

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: