Poder de compra do avicultor é o mais baixo desde março deste ano, diz Cepea

frango 11 3 19 lucas scherer embrapa
Foto: Lucas Scherer/Embrapa

Os aumentos das cotações dos principais insumos utilizados na ração animal, milho e farelo de soja, associados à desvalorização do frango vivo têm reduzido o poder de compra do avicultor paulista em setembro – o mais baixo desde março deste ano, apontam pesquisas do Cepea.

Em setembro de 2018, era possível a compra de 4,72 quilos de milho ou de 2,27 quilos de farelo de soja com a venda de um quilo do animal vivo, quantidades 12,2% e 17,4%, respectivamente, menores frente à capacidade de aquisição atual.

Apesar da queda, no comparativo anual, as cotações mais altas do frango vivo em 2019 mantêm a relação favorável ao avicultor.

No mercado de frango vivo, apesar de a oferta estar relativamente restrita ao longo de 2019, os preços caíram em setembro, o que pode estar associado ao fraco desempenho das vendas domésticas.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: