Cotações do café sobem com força no fim do ano, diz Cepea

cafe graos vale este paulo lanzetta embrapa 9 10 19
Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

Após atravessarem boa parte de 2019 em baixos patamares, os preços dos cafés arábica e robusta subiram com força nos últimos meses do ano. Até outubro, os valores estiveram enfraquecidos, influenciados por perspectivas iniciais de oferta ainda confortável no ano safra de 2019/20.

No geral, agentes se mantiveram afastados do mercado em grande parte desse período, negociando apenas quando os preços reagiam, cenário verificado especialmente em junho e setembro. Já em novembro, as cotações passaram a subir expressivamente, principalmente as do arábica.

Esse cenário, por sua vez, esteve atrelado à menor oferta de cafés finos, a preocupações quanto à disponibilidade do grão em 2020, a ganhos técnicos dos futuros de ambas as variedades, à maior demanda e ao dólar mais elevado. Na parcial da safra 19/20 (de julho/19 a 20 de dezembro/19), a média do Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor está em R$ 450,96/saca, elevação de 1% em relação à do mesmo período da temporada 2018/19, em termos reais. Para o robusta, a média do Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima, a retirar no Espírito Santo foi de R$ 294,59/sc na parcial da safra (de julho/19 a 20 de dezembro/19), baixa de 13% frente ao mesmo período da temporada anterior, em termos reais.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta