Custo elevado do insumo em 2019 limita bons resultados do setor avícola

frango 11 3 19 lucas scherer embrapa
Foto: Lucas Scherer/Embrapa

O setor avícola brasileiro teve um ano melhor que 2018, quando enfrentou custos altos, exportações limitadas e consequente baixos preços do animal e da carne, segundo pesquisas do Cepea. Em 2019, as exportações até estiveram firmes, mas ainda ficaram aquém do esperado por agentes consultados pelo Cepea. Por isso, foi a demanda interna que acabou sustentando os preços ao longo do ano, especialmente nos últimos meses, período em que os elevados valores da carne bovina aqueceram a demanda por outras proteínas, como a avícola.

Os resultados do setor, no entanto, foram limitados pelas altas cotações dos principais insumos da atividade avícola – milho e farelo de soja –, especialmente no segundo semestre de 2019. Diante disso, em dezembro, o produtor de São Paulo acumulava oito meses consecutivos de redução no poder de compra frente ao farelo e quatro meses em relação ao milho.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: