Procura por mandioca supera oferta e sustenta cotações

mandioca 21 119
Foto: Embrapa

Diante das incertezas quanto aos impactos de possíveis paralisações generalizadas nas próximas semanas, devido à Covid-19, o mercado de mandioca esteve mais “eufórico” nos últimos dias.

Do lado da oferta, agricultores intensificaram a colheita, temendo que as empresas interrompam suas atividades – o foco esteve nas lavouras com mais de 18 meses.

Além da preocupação com as atividades industriais, produtores têm necessidade de capitalização e de entrega de áreas de arrendamentos e também buscam reduzir as perdas de áreas que apresentam podridão.

No entanto, apesar da maior oferta, a demanda por matéria-prima por parte da indústria aumentou com mais força, segundo colaboradores do Cepea, o que sustentou as cotações da raiz.

Entre 16 e 20 de março, o preço médio da raiz posta nas fecularias foi de R$ 382,65 por tonelada (R$ 0,6655 por grama), aumento de 0,7% frente à média da semana anterior.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta