Indicadores do etanol seguem em forte queda em São Paulo

arte etanol-bomba-jorando-14-8-18
Arte: Embrapa

A restrição de mobilidade recomendada pelo governo, por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), reduziu a demanda por etanol, pressionando de forma expressiva os valores na semana passada no estado de São Paulo. Além disso, a nova safra já foi iniciada em algumas usinas da região Centro-Sul, o que aumentou a oferta do biocombustível.

Entre 16 e 20 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 1,6721/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), forte recuo de 14% (ou de 27 centavos por litro) em relação ao da semana anterior. No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 2,0221/litro (sem PIS/Cofins), baixa de 6,2% no mesmo comparativo.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta