Abrafrigo: Receita das exportações de carne bovina cresce 12% em abril

Foto: Appa/Divulgação

Embora a China, através da cidade estado de Hong Kong e do Continente tenha elevado suas importações para 80.056 toneladas, a maior quantidade registrada neste ano, as exportações brasileiras de carne bovina em abril (in natura + processada) apresentaram queda de 1% em volume em relação ao mesmo mês do ano passado. No entanto, em receita, houve crescimento de 12% na comparação com abril de 2019.

As informações são da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), que compilou os dados totais divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério da Economia, e forma divulgadas nessa sexta-feira 8.

Em abril de 2019, o Brasil exportou 137.606 t, com receita de US$ 516 milhões. Já abril deste ano, as exportações totais alcançaram a 135.587 t, e a receita, US$ 577,3 milhões.

Segundo a Abrafrigo, no acumulado dos quatro primeiros meses deste ano, as exportações atingiram 543.881 t, com receita de US$ 2,4 bilhões. Isso significa um crescimento de 1% em volume e de 19% na receita, em comparação com o mesmo período de 2019.

A China foi responsável, em abril, por 53,7% da movimentação brasileira do produto, o equivalente a 80.056 t.

Entre os 20 maiores clientes do Brasil, a Arábia Saudita elevou as importações em 57,8%, e a Rússia, em 42,8%. Já as compras dos Emirados Árabes caíram 57,8%, as do Egito, 44,1% e as do Chile, 14,3%.

Na avaliação da Abrafrigo, se a China mantiver o ritmo das importações, as exportações brasileiras de carne in natura e processada deverão ter aumento superior a 10% em receita e um pequeno crescimento em volume neste ano, em relação a 2019.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta