Agro&Negócio: Da inovação na citricultura à lucratividade nas fazendas (áudio e vídeo)

Ricardo Wegrzynovski (Weg)*

Ouça a coluna clicando aqui

STARTUP AGRITECH: CONTANDO LARANJAS, UMA A UMA

O pessoal da citricultura está de olho nas novas tecnologias de ponta. Vem da inteligência artificial (AI) a novidade, que em resumo fará a análise de um a um dos frutos de todo pomar de laranjas. Com a ferramenta digital será possível fazer estimativas de safra, detectar doenças e calcular volumetria de copa. Essa é a promessa da Adroit Robotics para incrementar a produtividade e reduzir custos em até 20% na citricultura. Em breve serão feitos testes em outras culturas, como café, maçã, uva e frutos em geral. Com a tecnologia LeafSense, a Adroit Robotics, startup brasileira, alia sensores avançados, algoritmos de visão computacional e aprendizado de máquina para analisar grandes volumes de imagens de alta-resolução e ajudar o produtor rural a tomar decisões.

Foto: Divulgação

Tecnologia inédita

De acordo com os desenvolvedores, a tecnologia LeafSense é inédita no mundo e vai representar, além da imediata economia nos custos, ganhos de produtividade a cada safra.

O trabalho é feito por sensores embarcados em máquinas ou implementos agrícolas da própria fazenda, sem necessidade de intervenção humana e custo extra, pois aproveita as atividades já programadas. “A contagem dos frutos chega a 93% de eficácia e o cálculo do diâmetro médio um desvio de menos de 2 milímetros”, diz o economista Fábio Terracini, um dos sócios da Adroit.

Cálculo do volume

A “cubicagem”, cálculo do volume da copa da laranjeira, também é outra possibilidade do equipamento e permite o dimensionamento correto dos defensivos químicos nas pulverizações, com redução de cerca de 15% no uso dos insumos, além de vantagens ambientais. “Além disso, detecta falhas no pomar, faz contagem de árvores, identifica cipós e outras daninhas, indica anomalias nas frutas e folhas, separa frutos maduros e verdes, calcula diâmetro dos frutos e permite criar um índice de maturação”, assinala.

Recentemente, a Adroit Robotics passou a fazer parte do programa de uma das maiores empresas americanas de processadores, a NVIDIA. O programa NVIDIA Inception é destinado a impulsionar startups, revolucionando indústrias com avanços em IA e ciência de dados. Trata-se de um acelerador virtual que auxilia startups durante os estágios críticos de desenvolvimento de produto, como a prototipagem e a entrada no mercado.

Taí uma ideia super bacana dos nossos amigos dos laranjais de Sampa.

**Agradeço a colega Catarina Guedes pelo envio das informações.

OUROFINO AGROCIÊNCIA ESTARÁ NA COPERCANA

Será virtual a Agronegócios Copercana deste ano. Empresas como a Ourofino Agrociência já confirmaram presença. A feira vai acontecer entre os dias 22 de junho e 3 de julho. Para saber mais sobre a feira, acesse: http://www.agronegocioscopercana.com.br

De fato, o pessoal do agro conseguiu virar a chave e entrar de cabeça no mundo digital. Como diz o gerente comercial da Ourofino Agrociência, Ricardo Desordi: “Estamos em um momento em que as ferramentas virtuais de comunicação ganham força e, por meio delas, faremos as orientações para esclarecer as dúvidas sobre as soluções mais indicadas para a realidade de cada produtor que nos procurar.”

Na feira, a Ourofino Agrociência vai se concentrar em produtos como o FortalezaBR® e o Velpar K®. “São herbicidas muito utilizados na cultura da cana-de-açúcar, líderes de mercado em seus segmentos e que se destacam pela versatilidade de uso em diferentes períodos do ano.

 Estratégias de manejo

Além disso, possuem amplo espectro de controle e estão presentes em grande parte das estratégias de manejo de plantas daninhas em cana-de-açúcar”, explica Roberto Toledo, gerente de Produtos Herbicidas da Ourofino Agrociência.

Sobre os produtos Advance® e MegaBR®, indicados também para a cana-de-açúcar, Toledo comenta que oferecem alta seletividade tanto em cana planta como em cana soca nas épocas semiúmidas e úmidas. “Esses podem ser recomendados em pré e pós-emergência da cultura e das plantas daninhas, destacando-se pela eficácia no controle de gramíneas e folhas largas.”

MUNDO ANIMAL: TUDO SOBRE LUCRATIVIDADE EM FAZENDAS

“Como construir e executar uma visão estratégica para potencializar o lucro na fazenda”. Este será o tema da palestra virtual do zootecnista e consultor Antonio Chaker. O mestre em Produção Animal vai comandar o terceiro webinar Pros@ Digital Premix. O evento será dia 15 de julho, a partir das 19h. Chaker vai falar sobre: Quais são os fatores que determinam taxas de retorno superiores a 18% ao ano; O quanto a cria, o ciclo completo e a recria/engorda devem entregar em termos de resultados; e pra encerrar, Quais são as atitudes dos líderes nas fazendas mais lucrativas. Para participar do Pros@ Digital Premix, o interessado deve fazer sua inscrição em https://bit.ly/2U97Kmp

NOVIDADE CONTRA AS LAGARTAS

As lagartas que se cuidem. Aí vem o Plethora, inseticida premium e multiculturas que atuará no controle do complexo de lagartas. A inovação foi desenvolvida pela ADAMA, e tem como diferencial o controle da Broca do Café e do Bicho Mineiro de forma simultânea, além de funcionar em culturas como soja e algodão. A Companhia ADAMA é uma das maiores holdings do agronegócio global. Para quem entende do assunto vale destacar que o inseticida Plethora foi desenvolvido para o combate ao complexo de lagartas, como a Falsa-Medideira (Chrysodexis includens), Lagarta-do-Cartucho (Spodoptera frugiperda) e Helicoverpa (Helicoverpa armigera). O registro já está valendo para as culturas do café, algodão e soja.

Segundo o gerente de Produtos da ADAMA, Fabrício Pacheco, a exclusiva combinação de moléculas que compõem Plethora garante um efeito veloz, com residual prolongado e efetivo controle nos mais diferentes tipos de lagartas.

Reprodução/Ciamuller

CACHAÇA DA BOA E A LOGÍSTICA REVERSA

A cada hora são servidas 374 mil doses de Cachaça 51 em algum ponto do Brasil. Ao final de cada dia são 450 mil litros vazios, equivalentes a aproximadamente 225 toneladas de resíduos sólidos por dia. A destinação correta do ponto de vista de sustentabilidade é o retorno dessas embalagens para serem novamente envasadas e recolocadas no ciclo de consumo. Para fazer isto, a Cia Müller de Bebidas, maior produtora de cachaça do mundo, opera uma complexa logística que inclui um sistema de coleta que se estende a todos os extremos do país

A Cia Müller é uma das grandes operadoras de logística reversa de embalagem no setor de bebidas. A empresa tem história de sucesso que começou em 1959. Dos 400 mil litros de produtos que saem diariamente das duas fábricas em Cabo de Santo Agostinho, próximo de Recife, em Pernambuco, e em Pirassununga, no interior de São Paulo, cerca de 90% retornam sucessivas vezes para a linha de envase, correspondendo a 180 toneladas pós consumo que são geradas diariamente e que já contam com destino correto.

Isto se torna particularmente relevante diante do fato de que a Cachaça 51, líder com 30% de participação de mercado (valor Brasil, segundo o Instituto Nielsen), é distribuída em 1 milhão de pontos de comercialização, que vão de grandes redes de supermercados a quiosques de praia, passando por restaurantes e bares frequentados por todas as classes sociais em mais de cinco mil municípios brasileiros.

Quer conhecer mais a empresa acesse: www.ciamuller.com.br.

 

 

BNB: AGROAMIGO APOIA PEQUENO PRODUTOR

O Banco do Nordeste (BNB) apoia o microempreendedor do campo pelo programa de microcrédito rural intitulado Agroamigo. Este ano, o programa já aplicou no campo cerca de R$ 984,2 milhões, por meio de mais de 193 mil operações. Esses números representam inclusão e educação financeira para agricultores familiares.

Em 15 anos de atuação, o Agroamigo já investiu mais de R$ 17 bilhões na área de atuação do banco. Possui, atualmente, mais de 1,2 milhão de clientes ativos e já atendeu mais de 2 milhões de produtores rurais com renda bruta familiar anual de até R$ 23 mil. Os clientes do programa podem acessar crédito de até R$ 15 mil para financiar atividades agrícolas, pecuárias, de turismo, artesanato, pesca, serviços, entre outros, desde que no meio rural.

LUCCA CAFÉS ESPECIAIS COMEMORA MAIORIDADE

A Lucca Cafés Especiais possui um leque de profissionais gabaritados. A empresária Georgia foi uma das primeiras juízas brasileiras certificadas no World Barista Championship (WBC). Ao longo de seus 18 anos, a loja realmente atingiu a maioridade, com seus baristas sendo 15 vezes campeões brasileiros, tendo Georgia como coach em diversas categorias.

Fruto do amor pelo café do casal Georgia Franco e Luiz Otávio Franco Souza, o nome é uma homenagem ao sobrenome do avô materno do marido, João Pedro Lucca, que foi produtor de café no norte do Paraná.

Divulgação

RAPIDINHAS

70ª edição do Leilão Nelore Mocho CV

A Nelore Mocho CV e as leiloeiras MB Leilões e Leilosul acertaram detalhes do leilão da marca no programa “De Olho na Fazenda”, a ser transmitido pelo Canal do Boi de 18 a 30 de setembro. Ao todo, a parceria oferecerá 1.000 animais do plantel de Carlos Viacava. A nova modalidade marca a 70ª edição do Leilão CV que, em 2020, completa 34 anos de seleção genética.

Comunicação no agro

No final do mês passado, a Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial) organizou o debate “Inspira Agro – A Comunicação do Agronegócio em tempos de coronavírus”. Valeu a pena o esforço em frente ao computador. Nós assistimos e sugerimos para quem perdeu que veja pelo link é https://youtu.be/j3qsqBzroec

Receitas Juninas

O Grupo Marajoara está organizando uma série de receitas voltadas as tradicionais festas Juninas. Que tal aprender a fazer pé de moleque e outras delícias? Acessa lá e mãos na massa. O site é: http://www.marajoaraalimentos.com.br/receitas/

Agrofy vence prêmio

 A Agrofy, startup argentina que busca ser o maior marketplace para o agronegócio do mundo, foi selecionada entre as “Startups Emergentes”, por pesquisa da AgriTech, no prêmio “Tracxn Emerging Awards 2020”. O prêmio reconhece a Agrofy como uma das principais empresas agrícolas do mundo, sendo premiada na categoria “Minicorn”.

*Jornalista multimídia e consultor de marketing digital voltado ao agronegócio

Contatos:

agroemdia@gmail.com

ricardowegjornalista@gmail.com

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta