Arroz: Mesmo com preços em alta, agentes seguem receosos

Foto: Irga/Gov. RS/Divulgação

Apesar dos recorrentes aumentos nos preços do arroz em casca, as incertezas relacionadas ao comportamento do mercado preocupam a maioria dos compradores e vendedores consultados pelo Cepea, considerando-se o produto beneficiado.

Colaboradores do Cepea afirmam que os custos da matéria-prima têm sido repassados, aos poucos, para o produto beneficiado, na tentativa de garantir margem positiva.

Apesar de pequenos, os estoques do produto beneficiado é que podem dar fôlego para a indústria gaúcha no curto prazo.

Quanto aos preços, de 18 a 25 de agosto, o Indicador do ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, com pagamento à vista, registrou expressiva alta de 12,1% em relação à semana anterior, fechando a R$ 88,49/saca de 50 kg no dia 25 – renovando seu recorde real histórico (a série do Cepea foi deflacionada pelo IGP-DI).

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta