Preço mínimo da uva para suco e vinho em 2021 será de R$ 1,10 o quilo

A partir do dia 1º de janeiro do próximo ano, o preço mínimo da uva industrial será de R$ 1,10/kg para safra 2020/2021. O novo valor valerá para a uva destinada à fabricação de suco, vinho e outros derivados (com 15° glucométricos) nos estados das regiões Sul, Sudeste e Nordeste.

O reajuste vai vigorar até 31 de dezembro de 2021, conforme a Portaria nº 351, publicada no Diário Oficial da União dessa segunda-feira 9.

O novo preço, fixado em 22 de outubro pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), leva em conta os custos variáveis de produção das lavouras, além de considerar outros indicadores de mercado.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elabora um estudo sobre o preço por meio de painel envolvendo agricultores, revendedores de insumos e indústrias.

“Esse aumento foi impulsionado, principalmente, pela alta no preço dos defensivos e da mão de obra”, diz Sílvio Farnese, diretor de Comercialização e Abastecimento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O preço mínimo é o valor de referência garantido pelo governo na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM). É um seguro de preço ao produtor a custo zero e uma ferramenta relevante na decisão de plantio. Exerce papel de destaque como mecanismo de garantia de parte da receita do produtor, sobretudo, em caso de crise de preços que comprometa a viabilidade econômica da atividade.

Na safra 2019/2020, a produção de uva foi de aproximadamente 1,4 milhão de toneladas, considerando uvas para indústria e de mesa, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O processamento nessa safra para produção de vinhos, sucos e derivados foi próximo a 800 mil toneladas. No caso de cultivo da uva para fins industriais, estima-se que a participação do estado gaúcho é superior a 90% do total produzido no país.

Do Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta