DF: Produtores recebem carta de crédito para investimento na agricultura

Foto: Emater-DF

Nove produtores rurais da agricultura familiar do Distrito Federal, atendidos pela Emater-DF, receberam da Secretaria de Agricultura (Seagri-DF) uma carta de crédito, do Fundo Distrital de Desenvolvimento Rural (FDR), para investimento em projetos do setor agrícola, que vão proporcionar desenvolvimento e novas oportunidades no campo. Ao todo, 16 produtores serão contemplados com a carta. Pouco mais de R$ 1,1 milhão estão sendo destinados aos produtores.

O FDR é uma linha de crédito da Seagri-DF e tem a Emater-DF como principal braço na elaboração de projetos junto a produtores e supervisão nas propriedades, além de ser participante da Câmara Técnica, onde são realizadas as análises e definidas as aprovações ou não dos projetos, e também do Conselho do Fundo.

Durante o evento, a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, falou sobre a importância do FDR para os produtores. “O crédito aos produtores rurais forma o tripé que mantém a agricultura em plena atividade. A verba vai incentivar a produção com a compra de equipamentos e insumos, criando mais oportunidades de renda e ocupação no campo.” O evento foi acompanhado por produtores e também por extensionistas da empresa, além da diretora-executiva, Loiselene Trindade.

O secretário de Agricultura, Candido Teles, homenageou os técnicos da Emater e falou sobre a importância deles na aquisição do crédito pelos produtores. “Não adianta ter dinheiro sem projeto. Quem faz o projeto é a Emater. Os técnicos da Emater carinhosamente fazem esse trabalho. Eles vivem no meio das pessoas na área rural, identificando problemas e buscando soluções”, acrescentou. A entrega foi realizada na manhã desta sexta-feira (11), na Casa do Cerrado.

Produtora rural no Caub, Maria da Conceição foi uma das contempladas. De acordo com ela, a verba vai garantir a compra de um veículo com caçamba, o que vai permitir o transporte da sua produção. “Agora eu vou ter a possibilidade de entregar minha mercadoria e não só plantar e produzir”. Com o auxílio da Emater-DF, ela contou que está implantando um tanque para criação de peixes. O próximo passo é a implantação da energia fotovoltaica.

Edson Rodrigues, 55 anos, tem uma produção diversificada, mas concentrada na produção de mandioca, milho verde, tomate cereja. Com a verba adquirida, ele pretende implantar dois hectares de irrigação pelo sistema de aspersão e uma estufa para aumentar a produção de tomate. “Todo o desenvolvimento do projeto foi realizado via Emater. É por ela também que estou tendo capacitação técnica e que participei do curso Empreender e Inovar”, afirmou.

Silveira Alves de Moura, produtor na Granja do Ipê, tem um criatório de aves. Seu projeto foi apresentado para compra de um minitrator com implementos, o que vai permitir o desenvolvimento e cultivo de milho, grãos e hortifrutigranjeiros. “Esse incremento vai melhorar a qualidade das nossas aves, diminuir os custos, ter uma parte da alimentação gerada na própria unidade e contribuir com o desenvolvimento agro do DF”, disse Moura.

Representante da Terracap, Aramis Beltrame ressaltou a importância do documento de posse da terra para o acesso a políticas públicas e de crédito, como o do FDR.  “Essa é a forma de ter segurança jurídica e conseguir financiamento”, afirmou. O presidente da Ceasa-DF, Sebastião Márcio, destacou que o crédito vai refletir na qualidade da produção e da vida dos produtores, aumentando a capacidade de geração de renda.

Como acessar

Para acessar alguma das linhas do FDR é preciso ter um projeto, que pode ser elaborado com apoio da Emater-DF. Também é preciso apresentar documentação da terra, documentos pessoais, certidões negativas, consulta Serasa e requerimento.

Da Emater-DF

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: