Oferta cresce e preço da tahiti cai na semana, segundo o Cepea

A oferta de lima ácida tahiti com maior calibre está aumentando gradualmente neste mês no estado de São Paulo. Isso porque as chuvas entre outubro e novembro favoreceram o crescimento e a coloração das frutas. Para os próximos dias, previsões indicam novas precipitações em importantes regiões produtoras de tahiti.

UTILIDADADE PÚBLICA:  CLIQUE AQUI para fazer a inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O prazo vai até a próxima quinta-feira, dia 31 de dezembro.

Com a fruta de maior calibre entrando no mercado, a disponibilidade da tahiti miúda tem diminuído. Vale lembrar que, até meados deste mês, a oferta da fruta miúda estava elevada – por conta dos impactos da estiagem.

Quanto aos preços, a média da fruta nesta parcial de dezembro (até o dia 23) já está quase 36% inferior à registrada em novembro.  Os menores preços para a tahiti, por sua vez, podem favorecer a reinserção da fruta brasileira no mercado internacional.

UTILIDADADE PÚBLICA: CLIQUE AQUI para saber tudo sobre o plano safra 2020/21: Programas, linhas de crédito, limites de financiamento, juros, prazos de pagamento etc.

As cotações elevadas estavam reduzindo a competitividade da variedade desde agosto, principalmente frente ao México.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: