Oferta de mandioca em 2020 fica estável, mas demanda recua

Foto: Vanderlei Santos/Embrapa

Ao longo de 2020, os efeitos da covid-19 sobre a colheita de raiz de mandioca – e, consequentemente, sobre a oferta do produto – foram pequenos, com exceção do início da pandemia, quando houve dificuldades no transporte de trabalhadores rurais. Paralelamente, a demanda por produtos industriais, incluindo os que utilizam a fécula de mandioca como insumo, foi menor.

UTILIDADADE PÚBLICA:  CLIQUE AQUI para fazer a inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O prazo vai até a próxima quinta-feira, dia 31 de dezembro.

Quanto aos preços da raiz, ficaram praticamente estáveis ao longo de praticamente todo o ano e, na maioria dos meses de 2020, as médias nominais superaram as de 2019.

No campo, houve queda na produtividade e, com a rentabilidade negativa de safras anteriores e valores mais atrativos de outras culturas, parte dos agricultores diminuiu a área de mandioca.

UTILIDADADE PÚBLICA: CLIQUE AQUI para saber tudo sobre o plano safra 2020/21: Programas, linhas de crédito, limites de financiamento, juros, prazos de pagamento etc.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: