Cepea: Colheita de cenoura ganha força; preços podem cair ainda mais

Foto: Henrique Carvalho/Embrapa

As cotações das cenouras estão em queda em quase todo o Brasil neste mês de janeiro, exceto nos estados do Sul. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o mercado começou a dar sinais de baixa já na segunda quinzena de dezembro, quando as vendas ficaram abaixo do esperado em MG e GO durante as festividades de Natal e Ano Novo. Com o início da colheita da temporada de verão, os preços médios no último mês de 2020 registraram queda de 6,8% em relação a novembro, sendo a caixa de 29 kg de “suja” comercializada por R$ 28,26. Ainda assim, a rentabilidade dos produtores permaneceu positiva, com preços bem superiores aos custos de produção.

Com a chegada de 2021, a colheita da safra de verão ganhou força, principalmente em São Gotardo (MG), elevando a oferta. Nesse cenário, os preços caíram de forma significativa: na parcial de janeiro (1° a 15), a caixa de 29 kg de “suja” foi comercializada na média de R$ 22,85, 19% abaixo da média de dezembro. No início de fevereiro, a expectativa é de que haja um maior descarte nas lavouras, devido ao clima quente e úmido de verão – o que pode reduzir a oferta de raízes no mercado.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: