CONTEÚDO PATROCINADO: GENEX Brasil apresenta aos pecuaristas e-commerce pioneiro de compra de material de melhoramento genético

A exportação brasileira de carnes em 2020 ficou entre as cinco maiores do agronegócio, com US$ 17 bilhões vendidos, ou cerca de 17% do total de US$ 100,8 bilhões em produtos agropecuários exportados. A qualidade do gado tem influência nesse desempenho, impulsionada pelo melhoramento genético, segmento que observou crescimento em produção, vendas, exportação e importação no ano passado.

De 2019 para 2020, o Brasil produziu 36% a mais de doses de sêmen e a venda total saltou 31%, passando de 16,4 milhões de doses para 21,5 milhões. O mercado total de sêmen animal cresceu quase 30% em 2020, segundo dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia).

Inseminação artificial tem espaço para mais crescimento em 2021

Uma das líderes do segmento de inseminação artificial, a GENEX Brasil vê mais espaço para esse mercado crescer. Tanto que lançou, na última segunda-feira (15), uma plataforma pioneira de e-commerce e-GENEX, que promete revolucionar a comercialização de material genético no país, além de outros produtos do portfólio da empresa. Por meio da e-GENEX o pecuarista poderá comprar até pelo smartphone. Basta acessar o site da plataforma pelo navegador de busca ou digitar https://genex.erural.net/.

Em 2020, a companhia quase dobrou (93%) seu volume de vendas de produtos da raça Nelore. Essa ascensão da GENEX acompanhou o desempenho do mercado em geral: as vendas de material genético da mesma raça pelo mercado registraram elevação de 78%. Mesmo na pandemia, a companhia criou vagas e aumentou em 25% o contingente de gestores e de funcionários.

“2020 foi um ano muito bom porque mantivemos os resultados em um patamar expressivo, seguindo todos os protocolos de segurança em relação à covid-19. Agora, é hora de manter o ritmo e investir ainda mais”, diz o diretor executivo da GENEX Brasil, Sergio Saud. A GENEX fornece soluções genéticas e informações de gerenciamento da propriedade que melhoram a qualidade e a produtividade do rebanho, impulsionando a genética através de raças taurinas e zebuínas voltadas para a produção de leite e carne.

Além da plataforma de e-commerce, a GENEX lançou também a linha Materna, voltada a cuidados com a vaca no pós-parto e com seu bezerro- leia mais adiante.

e-GENEX promete revolucionar o comércio de material genético no Brasil

A plataforma e-GENEX chega ao mercado com um robusto sistema de compartilhamento de dados para aperfeiçoar o atendimento e a jornada de compra dos clientes. No meio digital, o cliente registrará as informações completas relacionadas às suas expectativas. Isso permitirá uma venda mais assertiva e ágil. O suporte às negociações on-line será feito via WhatsApp pelos representantes comerciais da GENEX, em tempo real. Basta ao cliente acionar um botão interativo na plataforma de e-commerce para isso.

A inovação no e-commerce anunciada pela GENEX resulta de uma parceria com a e-Rural. A empresa atua há sete anos nesse segmento, mas com foco na negociação de animais vivos. Apenas com a venda desses animais a empresa faturou R$ 30 milhões em 2020 nas negociações via plataforma de e-commerce.

De acordo com o CEO da e-Rural, Matheus Ladeia, esse número pode dobrar em 2021 com a estruturação da e-GENEX, que vai incorporar a comercialização de material para melhoramento genético e os produtos do portfólio da GENEX, entre os quais a linha Materna (CAL 24, Colostro), voltada para cuidar da saúde dos animais.

Plataforma deve elevar em 20% o número de clientes da GENEX

Além de agilizar vendas de material genético e de outros produtos, o investimento na plataforma de e-commerce tem como outro importante objetivo aumentar a retenção de clientes e atrair potenciais compradores dos produtos da GENEX. A expectativa é ampliar em 20% a lista de clientes até o final de 2021.

“A incorporação do mundo digital ao agronegócio é um caminho natural e a GENEX sai à frente ao colocar essa tecnologia inovadora de comercialização à disposição de seus clientes”, afirma o diretor de Marketing e Inovação da GENEX Brasil, Guilherme Gallerani. Segundo ele, o e-commerce nesse segmento de inseminação artificial, que é um influenciador direto da qualidade do rebanho, representa um diferencial de competitividade e de produtividade para os pecuaristas brasileiros, cada vez mais interessados em produzir bons animais, para abastecer, tanto aos mercados do Brasil quanto do exterior de produtos de alta qualidade.

Gallerani lembra que “a compra à distância, proporcionada pela plataforma e-GENEX, atende também os requisitos de distanciamento social e agilidade exigidos pelo mercado de pecuária, cada vez mais competitivo e interessado em aumentar sua produtividade ganhando espaço no mercado nacional e no exterior.”

Tecnologia de ponta

Além da plataforma de última geração, a GENEX também disponibiliza em seu portfólio de serviços três ferramentas digitais que utilizam dados para aprimorar o gerenciamento e o monitoramento das fazendas: Reprocheck para as fazendas de corte, Milkcheck para as fazendas de leite, e o Pregchek BR. Cada uma tem um foco diferente. A primeira é uma ferramenta para controle e gestão de dados reprodutivos em Inseminação Artificial e IATF, que vai auxiliar o produtor ou técnico no manejo reprodutivo da sua propriedade, revolucionando os processos de controle e gestão de dados e auxiliando as tomadas de decisões através de relatórios diversos.

Já o Milkcheck é um aplicativo criado para gerenciar a produção e reprodução do seu rebanho leiteiro. Apto para ser usado no celular ou computador foi feito para conveniência na tomada de decisão.

O Pregcheck BR é o programa de avaliação da fertilidade dos touros Genex, que prediz o desempenho do reprodutor na taxa de concepção em IATF com confiabilidade.

 Linha Materna

Investir no aprimoramento genético dos animais é uma excelente escolha. Mas, de nada servirá se, ao final, o animal não estiver bem cuidado. Pensando nisso e com o objetivo de cuidar da saúde do animal e garantir que ele expresse o potencial máximo de sua genética, a GENEX oferece a Linha Materna com dois principais produtos: o CAL 24 e o Colostro.

CAL 24 – este produto consiste em duas cápsulas que devem ser dadas à fêmea bovina logo após o parto. O produto é ingerido e garante que a vaca mantenha suas taxas de cálcio, evitando a chamada hipocalcemia subclínica – situação muitas vezes assintomática e comum em vacas no pós-parto. Segundo pesquisa em fazenda localizada em Wiscousin, nos Estados Unidos, 40 vacas foram observadas. Metade delas recebeu o CAL 24 e as outras 20, não. As que consumiram o produto apresentaram aumento de 8,5% na média de cálcio em todos os momentos do pós-parto. Esse cuidado permite que a vaca tenha melhor desempenho nas próximas gestações, na produção de leite, dentre outros.

Colostro

Fundamental para estabelecer a imunidade nos bezerros recém-nascidos, o Colostro – leite secretado imediatamente na primeira ordenha pós-parto – também poderá ser adquirido na e-GENEX. O produto é rico em vitaminas A, E e B12, e minerais (cálcio, fósforo, magnésio e sódio), além de proteínas e principalmente imunoglobulinas.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: