Covid-19: Câmara aprova produção de vacinas por laboratórios veterinários

Senador Wellinton Fagundes, autor do projeto; deputada Aline Sleutjes, relatora da proposta; e deputado Sérgio Souza, presidente da FPA – Fotomontagem: AGROemDIA

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1343/2021, que autoriza, temporariamente, fábricas de produtos de uso veterinário a produzirem as vacinas contra a covid-19, desde que cumpram todas as normas sanitárias e exigências de biossegurança próprias dos estabelecimentos destinados à produção de imunizantes humanos.

A deputada Aline Sleutjes (PSL-PR), relatora do texto e presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, considera a aprovação “um divisor de águas para o país”. Segundo ela, a proposta, aprovada nessa terça-feira (15), auxiliará na vacinação rápida e de qualidade e na retomada da economia.

O relatório, destacou a parlamentar, foi feito com a participação do Ministério da Saúde, Anvisa e consultores da Câmara e Senado e do senador Wellington Fagundes, autor do projeto.

Aline Sleutjes também ressaltou a importância do setor agropecuário na resolução dos problemas causados pelo covid-19. “Estamos nos reinventando e, mais uma vez, o agro traz o que tem de melhor para benefício dos brasileiros.”

Outro ponto enfatizado pela deputada é a independência do Brasil em relação aos insumos e as vacinas. Com a aprovação do projeto, avalia a parlamentar, o Brasil se fortalece na produção de vacinas, com possibilidades de adaptação de novas estruturas. “A pandemia nos sugou diversos recursos, mas o caminho está novamente pavimentado para o crescimento de todas as áreas.”

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Sérgio Souza (MDB-PR), lembrou que o projeto de lei é uma das pautas prioritárias da bancada, que trabalha em diversas áreas, desde que seja em benefício do cidadão brasileiro. “Temos uma tecnologia altíssima e condições de produzir as centenas de milhões de vacinas que nosso povo necessita.”

Em abril, o Senado já havia aprovado o projeto do senador Wellington Fagundes (PL-MT), membro da FPA. Ele reforçou que a aprovação ampliará a oferta de doses e acelerará a imunização da população. “Podem ser disponibilizadas 490 milhões de doses em apenas 90 dias.”

Com as mudanças feitas no relatório, o texto volta ao Senado, onde será novamente levado a plenário. Caso seja aprovado, segue para sanção presidencial.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: