Com o aumento da oferta, média mensal do preço do tomate recua 26%

Foto: Arquivo/AGROemDIA

Com o atraso na maturação dos tomates em maio e a concentração da oferta entre o fim do mês e o início de junho, quando as temperaturas aumentaram, o preço do tomate pago ao produtor neste mês (até o dia 21) está 26% inferior ao de maio e 9% abaixo das estimativas de custo de produção, com média de R$ 27,30/caixa (ponderada pela classificação).

Além disso, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, mais praças passaram a colher tomates no período, o que ajudou a pressionar os valores na primeira quinzena. Já nesta segunda metade de junho, passado o pico de maturação e com a nova queda das temperaturas, o cenário pode mudar. Isso porque as atividades já foram encerradas nas lavouras que estavam com o ciclo atrasado, e, conforme estimativas, a semeadura das roças a serem colhidas foi menor do que aquela das ofertadas entre maio e junho. Assim, a redução da oferta pode impulsionar os preços nos próximos dias, mas a demanda enfraquecida deve limitar as valorizações.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: