Abraleite busca assistência técnica para produtores de queijos artesanais

Geraldo Borges (E), presidente da Abraleite, e Celso Moretti, presidente da Embrapa – Foto: Divulgação/Abraleite

A Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) articula duas iniciativas que podem beneficiar 175 mil famílias produtoras de queijos e outros derivados lácteos artesanais. A primeira visa a levar assistência técnica aos produtores agroartesanais, nos mesmos moldes do projeto Balde Cheio, da Embrapa. A segunda prevê a criação do Rispoarte (Regulamento de Inspeção Sanitária de Produtos de Origem Animal Artesanais), que deve contribuir para ampliar a concessão do Selo Arte.

Os dois temas foram tratados, nesta semana, durante reunião entre os presidentes da Abraleite, Geraldo Borges, e da Embrapa, Celso Moretti. O encontro foi articulado pela Comissão Nacional de Queijos e Derivados Lácteos Artesanais da Abraleite. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), informou o executivo da associação, também deve participar dos debates sobre as duas propostas.

Segundo Geraldo Borges, a criação do Rispoarte oferecerá orientações específicas para os produtos artesanais. “Teremos um regulamento mais atualizado e adequado.” As propostas, lembrou, vêm sendo discutidas com a Embrapa desde março passado. “Desde então, estão em fase de estudos para implantação.” A próxima reunião para tratar dos dois temas deve ocorrer em aproximadamente 15 dias.

“A implantação de assistência técnica aos produtores de lácteos artesanais, nos moldes do Balde Cheio, poderá auxiliar muito em todo o processo de produção dos produtos agroartesanais”, reforçou Geraldo Borges.

O presidente da Abraleite enfatizou ainda que a criação do Rispoarte igualmente contribuirá para esse contingente de  175 mil famílias produtoras de queijos e outros derivados lácteos. “Elas poderão ter uma ajuda grande com a criação de um regulamento específico para produtos gerados de forma artesanal.”

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: