Governo da Bahia reduz ICMS sobre o agro; conquista da AIBA

Governador Rui Costa (C) e representantes do agro do oeste baiano – Foto: Divulgação/AIBA

“A redução do ICMS é uma conquista que traz grande satisfação para nós, que representamos a classe agrícola, pois são quase 10 anos que nossas associações vêm trabalhando na causa, em busca de maior competitividade e menos impostos para os grãos produzidos no oeste baiano”. Assim o presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA), Odacil Ranzi, avaliou a decisão do governo da Bahia de reduzir o ICMS sobre o agro.

Na última terça-feira (6), o governo do estado publicou, no Diário Oficial, a alteração do Decreto nº 13.780, de março de 2012, que regulamenta o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicações (ICMS).

Com o novo decreto – nº 20.578 –, o governador Rui Costa atendeu uma reivindicação que há anos os produtores do oeste baiano vinham fazendo e debatendo com as secretarias estaduais da Fazenda e da Agricultura, objetivando dar maior competitividade aos produtos agrícolas baianos.

Rui Costa também equalizou o ICMS sobre as operações interestaduais de milho, baixando a alíquota de 12% para 2%. Segundo os produtores, as taxas de estados vizinhos, como Maranhão, Piauí e Sergipe, já eram 2%, o que tornava a produção baiana secundária na preferência dos compradores do cereal.

O milho cultivado no oeste baiano representa 66% de todo o cereal produzido na Bahia e tem potencial para abastecer as granjas de aves e suínos e a indústria alimentícia do Nordeste. Em 2021, a região plantou cerca de 170 mil hectares do grão. A produção chegou a 1,8 milhão de t, com produtividade média de 180 sacas por ha.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: