Santini: “Turismo rural pode ser fonte de renda extra para produtores”

Secretário de Turismo do RS, Ronaldo Santini aposta no setor turístico para incentivar expansão de renda no campo

O crescente interesse pelo turismo rural é uma alternativa para que os agricultores tenham uma fonte de renda extra. Para incentivá-los a explorar o potencial de suas propriedades para atrair visitantes que desejam conhecer a vida do campo e sua gastronomia, o secretário de Turismo do Rio Grande do Sul, Ronaldo Santini, quer incluir a essa segunda atividade no cadastro do produtor rural, possibilitando que venham a ter acesso aos programas oficiais de estímulo ao setor turístico. Para tanto, ele enviou ofício à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, pedindo apoio para efetivação da medida.

“A inclusão da atividade de receptivo ou atividade turística na descrição de atividade do produtor rural permitirá que ele seja incluído no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos)”, disse Santini ao AGROemDIA. Isso, acrescenta, permitirá que os agricultores tenham a certificação obrigatória do setor e acesso às linhas de crédito, a divulgação das rotas e roteiros e ao selo de turismo.”

De acordo com o Santini, o turismo rural precisa ser incentivado cada vez mais para que o produtor possa aumentar a sua renda, começar a encaminhar a sucessão familiar na atividade agrícola e, na medida do possível, contribuir para a geração de empregos no campo.

“O turismo de natureza, que ganhou espaço com a pandemia, é muito mais que uma paixão. É uma oportunidade de negócio e precisa ser encarada como tal”, enfatiza.

Neste contexto, a Secretaria de Turismo tem promovido uma série de lives de qualificação voltadas aos produtores rurais interessados em trabalhar no setor, seja como receptivo ou como fornecedor de produtos gastronômicos que são oferecidos aos turistas. “Não basta ter o sabor do produto. Também é necessário ter a embalagem, a história e a experiência para oferecer ao turista.”

O governo gaúcho, informa Santini, está apostando muito no desenvolvimento do turismo rural. “Temos uma enorme diversidade cultural. Somos um dos poucos estados onde é possível passear, dentro das propriedades rurais, por várias culturas, como alemã, italiana, polonesa, japonesa e holandesa, e seus sabores, com as características genuínas. Então, temos que aproveitar esse potencial, que ainda está adormecido.”

Santini destaca ainda que os destinos de turismo rural já consolidados no estado, como o Vale dos Vinhedos, a Região das Ortências, cuja município mais conhecido é Gramado, tiveram uma expansão econômica. “O turismo rural fomentou todas as demais atividades econômicas. Então, o turismo rural pode uma grande oportunidade de geração de renda para as famílias do campo.”

 

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: