Câmara: Frente parlamentar busca valorização do produtor de leite

Deputado Vitor Hugo, presidente da FPPL. Embaixo: produtor Marco Sérgio (E), ministra Tereza Cristina e produtor Leonel Fonseca – Foto: Divulgação

Da redação//AGROemDIA

Com a presença da ministra Tereza Cristina (Agricultura), de deputados da bancada ruralista e de pecuaristas leiteiros de várias partes do Brasil, a Câmara dos Deputados instalou nesta quarta-feira (27) a Frente Parlamentar em Apoio ao Produtor de Leite (FPPL), uma reivindicação da base produtora do setor. Presidente da FPPL, o deputado federal Vitor Hugo (PSL-GO) disse que o colegiado trabalhará para impulsionar a atividade, a fim de que os produtores possam superar as dificuldades enfrentadas hoje, como a falta de previsibilidade no pagamento do leite que entregam à indústria láctea.

“Trabalharemos pela valorização dos pequenos, médios e grandes produtores, que enfrentam grandes problemas para vender o seu produto, seja pelas dificuldades de relacionamento com a indústria, seja pelos fatores de custos de produção”, ressaltou Vitor Hugo. “A FPPL vai estar à disposição para contribuir para que haja dignidade para os produtores de leite. Agora é fazer o planejamento estratégico da FPPL e tocar adiante as ações voltadas à valorização do produtor de leite.”

Tereza Cristina destacou a importância da cadeia do leite para o país e informou o Ministério da Agricultura vem procurando apoiá-la. “Problemas existem, mas já avançamos muito e ainda temos muito para avançar.” Segundo ela, o Mapa articula, em parceria com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e outras entidades, o lançamento de uma campanha de promoção do consumo de leite. “O setor de leite precisa de política públicas para ser mais forte.”

Deputados Aline Sleutjes e Sanderson, no lançamento da FPA – Foto: Divulgação

O produtor goiano Marco Sérgio, um dos coordenadores da base produtora do setor leiteiro, representada por movimentos como Construindo Leite, Aliança e Ação, União e Ação e Aproleite GO, enfatizou a importância da união com os parlamentares para que a FPPL possa efetivamente cumprir seu papel de apoio aos produtores de leite.

“Temos uma estratégia [para propor melhorias para o setor] e estamos fazendo um trabalho com os produtores para que façam a transformação de dentro da porteira para fora, participando de associações, sindicatos e da Abraleite para propor soluções sob a perspectiva do pecuarista de leite”, afirmou, assinalando que a FPPL terá a colaboração permanente da base produtora para formular propostas de políticas públicas.

O produtor gaúcho Leonel Fonseca acrescentou: “O acordar do produtor não é só para reclamar. A gente reclama e clama por mudanças e soluções há décadas. Esse modelo implantado no sistema lácteo nacional é da década de 1970 e não serve mais. Somos escravos modernos de uma poderosa indústria, onde há cartel e lobby pesado.”

Para Leonel Fonseca, uma das principais tarefas da FPPL será trabalhar para mudar essa situação. “Precisamos quebrar esse paradigma e fazer as mudanças para que o produtor de leite, através da FPPL, seja reconhecido, porque nós somos a base de todos os demais elos da cadeia láctea. E essa mudança deve vir de forma harmônica para que consigamos pôr um alimento de qualidade na mesa do consumidor, com preço justo.”

Entre os deputados que participaram da cerimônia estavam o presidente da FPA, Sérgio Souza (MDB-PR); a presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, Aline Sleutjes (PSL-PR); Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da Subcomissão do Leite da Câmara; Sanderson (PSL-RO); Bibo Nunes (PSL-RS); Nelson Barbudo (PSL-MT), Domingos Sávio (PSDB-MG); Jaqueline Cassol (PP-RO), Evair de Melo (PP-ES) e Jose Mário Schreiner (DEM-GO). O presidente da Abraleite, Geraldo Borges, também participou da solenidade.

Deputado Vitor Hugo e produtores de leite – Foto: Divulgação

**Copyright © 2018, EMS4. Todos os direitos reservados. Proibida a cópia e reprodução total ou parcial sem a prévia autorização do AGROemDIA

 

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: