Novo preço mínimo da uva industrial é de R$ 1,31 por quilo

A partir de 1º de janeiro do próximo ano, o preço mínimo da uva industrial será de R$ 1,31/kg para safra 2021/2022, alta de 19% sobre o atual (R$ 1,10/kg). O novo valor vale para os estados das regiões Sul, Sudeste e Nordeste, para a uva destinada à fabricação de suco, vinho e outros derivados (com 15° glucométricos).

O reajuste vai vigorar até 31 de dezembro de 2022, conforme a Portaria Nº 345, publicada nesta terça-feira (30) no Diário Oficial da União. A resolução foi aprovada na última quinta-feira (25) pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

O novo valor leva em conta os custos variáveis de produção das lavouras, além de considerar outros indicadores de mercado.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elabora um estudo e os itens que mais impactaram a formação do preço foram mão de obra (34,58%) e defensivos agrícolas (24,68%).

A safra 2020/2021 de uva no Brasil foi de 1,69 milhão de toneladas. O Rio Grande do Sul concentra 56% da produção nacional, seguido de Pernambuco (23%). Quando se trata de uvas para fins industriais, estima-se que a participação do RS ultrapasse os 90%.

A uva faz parte dos produtos apoiada pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), que assegura apoio aos produtores, como mecanismo de garantia de parte da receita do produtor, sobretudo em caso de crise de preços que comprometa a viabilidade econômica da atividade.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: