Cyklo Agritech anuncia abertura de novo fundo, de R$ 10 milhões, e lança edital 2022 para startups

Fotos: Elio Rizzo/Cyklo Agritech

A Cyklo Agritech, maior aceleradora de startups do agro do Matopiba (MA, TO, PI e BA), sediada em Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano, anunciou, nesta sexta-feira (17), que já consolidou originação de 50% dos recursos financeiros (cerca de 5 milhões) do seu fundo 2, que está sendo aberto oficialmente em dezembro.

O fundo 2 da Cyklo Agritech vai operar por quatro anos (2022-2025) e desenvolverá 40 startups voltadas ao agronegócio. Segundo o CEO da aceleradora, Pompeo Scola, cada startups receberá cerca de R$ 250 mil em troca de equity e uma vaga na Cyklo durante nove meses. Serão R$ 2,5 milhões por ano, e 10 novas startups anualmente.

A Cyklo Agritech iniciou operações em 2019 e desenvolveu 20 startups com os recursos do primeiro fundo (R$ 5 milhões). Destas, informa Pompeo Scola, 75% tiveram aproveitamento positivo. “Portanto, 15 startups já têm clientes e faturamento e 20% delas (três startups) já receberam novos aportes pós-aceleração.

Conforme Pompeo Scola, a expectativa é entregar para os investidores do fundo 1 (2020 e 2021) um múltiplo de três a quatro vezes o capital investido com a venda de participação (equity) das 15 startups.

“O processo de saída da aceleradora se dá quando ocorre uma série A ou B, dependendo do caso. Daí, vendemos nossa posição de equity e realizamos o resultado do investimento. Cada cotista do fundo 1 tem 3% de participação do volume total de equity e recebe proporcionalmente a sua posição. Quem investiu uma cota típica de R$ 250 mil pode resgatar, após a liquidação da participação nas 15 startups, algo entre R$ 750 mil e R$ 980 mil”, explica Pompeo Scola.

O fundo 2 também projeta pagar um múltiplo de quatro vezes o valor investido. Como o fundo 2 vai operar durante quatro anos, o valor da cota é maior que a do fundo 1. Serão 25 cotistas que investirão R$ 400 mil ao longo de quatro anos para desenvolver 40 Startups (10 por ano). Cada um dos 25 cotistas do fundo 2 aplicará R$ 10 mil em cada uma das 40 startups (R$ 250 mil em cada uma delas).

Pompeo Scola, (E) CEO da Cyklo, e Aguinaldo Marques, COO da Cyklo

Na avaliação de Pompeo Scola, um grande atrativo do fundo 2 é o fluxo de pagamento (R$ 40 mil de entrada e 48 parcelas mensais fixas de R$ 7,5 mil). “É como se fosse uma aplicação financeira programada, o que permite que produtores rurais, executivos e empresários possam participar do fundo sem se descapitalizar.”

Um ponto importante, acrescenta o CEO da Cyklo, “é considerar que o capital investido ficará dentro do fundo por um período de pelo menos cinco anos, pois não vale a pena vender a participação logo no primeiro investimento recebido pela startup pós-aceleração. Outro aspecto a analisar é o venture capital (investimento de risco em que o resultado não é garantido).

“Das cotas já vendidas do fundo 2, vamos encontrar investidores do fundo 1 repetindo seu investimento. Também temos produtores rurais do Matopiba e empresários de outras regiões do Brasil que vêm acompanhando o trabalho da Cyklo e que não tiveram oportunidade de investir no fundo 1”, diz o CEO da Cyklo.

De acordo com Pompeo Scola, “as 13 cotas restantes devem ser ocupadas no primeiro trimestre de 2022, pois a divulgação de capitação do fundo só ocorreu em outubro de 2021 e não ouve tempo de divulgar adequadamente o fundo”.

“Nosso edital 2022 da CYKLO atrasou um pouco neste ano e está sendo divulgado agora em dezembro para iniciar processo de aceleração das 10 startups que forem escolhidas, a partir de fevereiro de 2022.  Este ano, divulgamos sete desafios específicos no edital, além das teses que, desde 2019, vêm sendo utilizadas como filtro de escolha dos projetos para acelerar. Sustentabilidade, economia de água, energia, EGS, IA, IOT e biotec têm sido priorizadas na escolha 2020 e 2021, além, é claro, dos APPs de solução tecnológica (erp para fazenda, portal de notícias, entre outros), pontua Aguinaldo Marques, COO da Cyklo.

Startups de qualquer lugar do Brasil que tiverem interesse em se aplicar ao edital 2022 da Cyklo Agritech podem acessar a playlist do YouTube, neste endereço:

https://www.youtube.com/playlist?list=PL2oSLYsr8CCRZpAnUAmabEyy6mIFkJ3Tu

Neste link encontrarão os filmes com informações de como participar do edital. “É a Cyklo inovando na forma de lançar seu edital”, enfatiza Pompeo Scola.

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: