Mesmo com demanda enfraquecida, preços sobem neste início de ano

Foto: Wanderlei Santos/Embrapa

A demanda por mandioca esteve bastante enfraquecida na primeira semana de 2022, visto que boa parte das indústrias de fécula e de farinha ainda não retornou do recesso. As empresas que já retomaram as atividades, por sua vez, tiveram dificuldades para se abastecer. Assim, segundo dados do Cepea, os preços abriram o ano em alta.

Quanto ao clima, as chuvas em algumas regiões e a baixa umidade em outras dificultaram os trabalhos de campo na semana. O valor médio a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 681,38, alta de 1,5% frente ao anterior.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: