Embrapa leva cultivo de trigo para o cerrado de Roraima

Foto: Daniel Schurt/Embrapa

 

A Embrapa Roraima instalou, no início de dezembro de 2021, na sua Vitrine Tecnológica, em Boa Vista, uma unidade de observação, em campo, do comportamento da cultura do trigo nas condições locais de cerrado. Nela, estão sendo avaliadas as cultivares BRS 264, BRS 394 e BRS 404, previamente desenvolvidas pela Embrapa Cerrados para as condições de cerrado da região Centro-Oeste e selecionadas para teste em Roraima.

Atualmente, as plantas da Vitrine Tecnológica em Boa Vista estão com cerca de 45 dias após a germinação, encontram-se em fase de enchimento dos grãos e apresentam um bom potencial produtivo, superando as expectativas dos pesquisadores nos aspectos de precocidade e sanidade do material em campo.

Ainda em janeiro de 2022, foram iniciados os testes de plantio em escala com essas cultivares, em área maior no Campo Experimental Água Boa (CEAB), em que serão avaliadas sua adaptabilidade às condições edafoclimáticas dos cerrados de Roraima, bem como a qualidade dos grãos produzidos, seu desempenho na entressafra da soja/milho com uso de irrigação, e sua produtividade.

Os pesquisadores também vão definir a densidade de semeadura e os níveis de adubação mais adequados, realizar estudos de sanidade e avaliar a qualidade da farinha produzida, podendo ser uma alternativa para os produtores de grãos nos cerrados de Roraima. A expectativa é que, em um prazo de dois anos, a Embrapa Roraima possa recomendar pelo menos uma cultivar de trigo adaptada às condições do estado.

Segundo Edvan Chagas, chefe-geral da Embrapa Roraima, paralelamente, uma rede de pesquisas está sendo estruturada em parceria com a Embrapa Cerrados e Embrapa Trigo, visando estudar todos os aspectos tecnológicos da cultura no estado.

O pesquisador Vicente Gianluppi, coordenador da pesquisa, ressalta que essa parceria poderá gerar resultados ainda mais positivos, vez que as cultivares mais adaptadas à região têm chances de ser cultivadas nos cerrados da Venezuela e Guiana, propiciando novos negócios para os agricultores brasileiros.

A equipe que vai conduzir o projeto na unidade é formada pelos pesquisadores Vicente Gianluppi, Daniel Schurt, Edmilson Evangelista, Oscar Smiderle, Daniel Gianluppi e pelo analista José Mattioni, de Transferência e Tecnologia, e o técnico agrícola Neivan Carvalho.

Da Embrapa Roraima

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: