ABPA vai à Justiça contra operação padrão na fiscalização agropecuária

Do Broadcast

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa avicultores, suinocultores e exportadores, protocolou na quinta-feira (27) na Justiça, em Brasília, um mandado de segurança contra a operação padrão realizada pelos auditores fiscais federais agropecuários.

A operação padrão dos auditores tem atrasado a liberação de mercadorias em parte dos portos e das fronteiras. O movimento começou após o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciar em dezembro que faria uma reestruturação das carreiras policiais ligadas ao Ministério da Justiça, como a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. O governo chegou a reservar R$ 1,7 bilhão no Orçamento de 2022 para atender apenas as categorias de segurança que são base de apoio do seu governo.

Em nota, a ABPA afirmou que apoia os pleitos da categoria e que defende o livre direito de manifestação. Destaca, entretanto, a importância da manutenção do fluxo de produção “em detrimento ao estabelecimento de uma operação padrão, que tem penalizado o fluxo de abate, do abastecimento interno e das exportações.”

A medida, conforme nota da ABPA, tem como objetivo “evitar que os prejuízos gerados se acumulem, o que poderia gerar consequências para o consumidor brasileiro e para os clientes internacionais da proteína animal do Brasil.”

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: