Cotações do frango vivo e da carne estão em queda no país, diz Cepea

Foto: Agência Brasil

Mesmo com o início do mês favorecendo a demanda, por conta do recebimento dos salários, o preço da carne de frango seguiu em queda na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea. Os estoques ainda elevados da carne e a liquidez abaixo do esperado pressionam os valores.

Segundo o Cepea, apenas os agentes que operavam com baixo volume em estoque, como na Grande São Paulo, conseguiram reajustes positivos nas cotações com o recente incremento na demanda.

Agentes do mercado consultados pelo Cepea informam que a baixa liquidez da carne motivou também recuos nos preços do vivo, já que frigoríficos passaram a controlar seus estoques de carne e, consequentemente, demandar menos lotes de frango.

As vendas externas da proteína avícola também tiveram forte recuo em janeiro, reforçando o cenário de baixa liquidez observado durante o mês e, consequentemente, resultando em queda nos preços internos. Conforme dados da Secex, 317,7 mil toneladas de carne de frango in natura foram embarcadas em janeiro, queda de 17,2% frente a dezembro.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: