Exportações de arroz em janeiro animam indústria, diz Abiarroz

Foto: Irga/Gov.RS/Divulgação

O ano de 2022 começou com perspectiva otimista para o arroz brasileiro no cenário internacional, tendo entre os mercados importadores em destaque dois países europeus – Espanha e Portugal –, informa a Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), em nota divulgada nesta segunda-feira (14).  

Em janeiro, as exportações de arroz (base casca) totalizaram 84,2 mil toneladas, contra 9,8 mil t embarcadas no mesmo mês do ano passado. A receita somou US$ 44 milhões, ante US$ 9,5 mi do primeiro mês de 2021, diz Abiarroz, com base em dados do Ministério da Economia.

Além de Espanha e Portugal, outros quatro países se destacaram nas compras do arroz brasileiro em janeiro: Costa Rica, Peru, Senegal e Venezuela.

“O crescimento de quase 400% em receita, em relação ao primeiro mês de 2021, foi puxado pelas exportações de arroz beneficiado, sobretudo para o Peru”, diz a gerente de Exportações da Abiarroz, Carolina Telles Matos. “Espanha e Portugal não são destinos tradicionais na pauta exportadora do setor, o que mostra a importância da internalização do acordo Mercosul-União Europeia.”

Na avaliação de Carolina, o mercado arrozeiro deve ser mais aquecido este ano. “Devemos ter um 2022 mais intenso que 2021, principalmente pela renovação do Projeto Brazilian Rice e pelas novas ações de promoção comercial e capacitação para promover o arroz beneficiado brasileiro no exterior.”

O diretor de Assuntos Internacionais da Abiarroz, Gustavo Trevisan, acrescenta que o maior controle da pandemia igualmente contribui para a retomada da economia. “Embora seja mais transmissível, a nova variante da covid-19, a ômicron, é menos letal. Isso, aliado à vacinação em massa, permite a flexibilização das regras de isolamento, o que favorece o ambiente de negócios.”

No entanto, prossegue Trevisan, os problemas logísticos persistem, pressionando os valores do frete marítimo e dos aluguéis de contêineres. “Esperamos que a situação se normalize a partir do segundo semestre deste ano.”

No mês passado, as importações de arroz foram de 18,9 mil t, representando US$ 9,6 milhões. Em janeiro de 2021, o Brasil importou 70,5 mil t do cereal, equivalente a US$ 44 milhões.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: