Relação de troca melhora para o pecuarista que faz recria e engorda, diz Cepea

Foto: Divulgação/ACNB

Os preços do boi gordo estão firmes no mercado brasileiro, enquanto as cotações dos animais para reposição seguem enfraquecidas. Segundo pesquisadores do Cepea, esse contexto favorece pecuaristas que realizam recria-engorda, que atravessaram recentemente (em outubro de 2021) a pior relação de troca da série histórica do Cepea (iniciada em fevereiro de 2000).

Dados do Cepea mostram que, nesta parcial de fevereiro (até o dia 22), o pecuarista precisa de 8,38 arrobas de boi gordo paulista para a compra de um animal de reposição em Mato Grosso do Sul, quantidade 8,73% menor que a necessária em fevereiro do ano passado (9,18 arrobas).

Trata-se também da relação de troca mais favorável ao pecuarista de recria-engorda desde janeiro de 2020 (quando esteve em 8,25 arrobas). Em outubro do ano passado, quando a relação de troca atingiu o pior momento da série histórica ao produtor recriador, foram necessárias 10,27 arrobas para a aquisição de um bezerro. Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: