Baixo poder de compra da população reduz procura por frutas cítricas

Foto: Embrapa/Divulgação

A demanda por frutas cítricas está enfraquecida no mercado doméstico desde o início de março. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário reflete o baixo poder aquisitivo da população brasileira, que tem priorizado produtos mais essenciais. Mesmo assim, os preços da laranja de mesa continuam firmes, sustentados pela baixa oferta.

Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a variedade pera foi negociada à média de R$ 44,02/cx de 40,8 kg, na árvore, praticamente estável em relação à semana passada. Para a hamlin, a média fechou a R$ 33,35/cx.

No mercado de lima ácida tahiti, o cenário permanece semelhante ao da semana passada, com os valores em baixos patamares em decorrência da oferta elevada. Colaboradores do Cepea tinham expectativas de que o pico de safra se encerraria em meados deste mês, mas a disponibilidade da fruta segue elevada. Na parcial desta semana, a variedade foi negociada na média de R$ 15,37/cx de 27 kg, colhida, recuo de 6,5% no comparativo semanal.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: