Safra 2021/22: Mato Grosso deve perder 4 milhões de t de milho

Foto: Aprosoja MT/Divulgação

A safra de milho deve ter uma perda de cerca de 4 milhões de toneladas em Mato Grosso. A estimativa foi divulgada nesta quarta-feira (18) pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de MT (Aprosoja-MT). Isso “significará um prejuízo irreversível para os produtores”, diz a entidade, acrescentando que a estiagem prolongada já afetou mais de 10% da produção de todo estado.

 Segundo relatório da equipe técnica da Aprosoja-MT, a safra deste ano será de aproximadamente 36 milhões de t de milho. A projeção representa uma queda de 10% na produtividade prevista para 2022.

A produção abaixo da quantidade esperada é consequência de um menor volume de chuvas, conforme a Aprosoja MT. Algumas lavouras, conforme a entidade, estão até 50 dias sem chuva significativa ou com um volume abaixo de 10 milímetros (mm).

 Mercado, custos de produção, contratos

“O produtor rural é o maior prejudicado com esses números, porque toda previsão da colheita mexe com o mercado, com o custo de produção e com as questões contratuais. Não podemos prever as questões climáticas. Por isso, a safra só se confirma após o trabalho da colheita”, afirma Fernando Cadore, presidente da entidade.

 Os dados divulgados pela Aprosoja-MT foram coletados por meio de questionário com os produtores associados de todo estado. “As informações confirmaram perdas irreversíveis principalmente nas regiões oeste e sul”.

“Nosso trabalho em campo abrangeu centenas de produtores associados, que nortearam nosso questionário, confirmando as estimativas negativas para esta safra devido à seca”, pontua Cadore.

Confira os dias de seca por região:

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: