Com comprador retraído, indicador do milho retorna à casa dos R$ 80/sc

Foto: Renata Silva/Embrapa/Divulgação

As cotações do milho seguiram recuando nos mercados interno e externo na última semana. Na região de Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa voltou para a casa dos R$ 80/saca de 60 kg, fechando a sexta-feira, 22, a R$ 80,06/sc, queda de 2,9% em relação ao dia 15 e o menor valor nominal desde 30 de dezembro de 2020.

Segundo pesquisadores do Cepea, as desvalorizações estão atreladas ao avanço da colheita da segunda safra, que tem mantido consumidores retraídos, apostando em maiores recuos.

Além disso, a melhora do clima nos Estados Unidos pressionou os vencimentos futuros, o que reduziu os valores nos portos brasileiros.

Compradores também estão atentos à limitação de armazenagem – relatos já indicam armazéns lotados no Sudeste e produto a céu aberto no Centro-Oeste, cenário que pode reduzir a qualidade do grão.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: