Goiânia: Irrigação é tema de seminário promovido pela Faeg

irrigação embrapa
Irrigação contribui para aumentar a produtividade – Olímpio Filho/Embrapa

Os produtores rurais, técnicos e a sociedade precisam se envolver no debate sobre o uso sustentável da água. Com este objetivo, a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) promove o 2º Seminário de Irrigação de Goiás. Com o tema ‘Irrigação: eficiência e sustentabilidade na agropecuária’, o evento será realizado quinta (31) e sexta-feira (1º), no auditório da Faeg, em Goiânia

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Goiás (Sebrae Goiás) são parceiros na promoção do evento. A Faeg espera reunir um grande número de irrigantes do estado durante o seminário, que tratará de temas fundamentais para quem trabalha com agricultura irrigada.

A programação do seminário será dividida em quatro painéis que discutirão ‘Construindo Ambientes Produtivos’, Sistemas e Tecnologias de Irrigação na Agricultura’, Sistemas e Tecnologias de Irrigação na Pecuária’ e ‘Alternativas Energéticas para a Irrigação’.

De acordo com a consultora técnica da Faeg, Jordana Sara, Goiás irriga cerca 180 mil hectares, sendo 70% por pivô central, conforme levantamento feito em 2014 pela Secretaria de Desenvolvimento (SED).

Já um estudo feito pela Agência Nacional das Águas (ANA) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com base em imagens de satélite, indica que o estado irriga 233 mil hectares.

Aumento da produtividade

Entre os municípios que mais irrigam estão Cristalina, Paraúna, Campo Alegre, Água Fria, Jussara, Rio Verde, Luziânia, Morrinhos, Cabeceiras, Ipameri e Formosa.

Segundo Jordana, a soma dessas áreas representa 61% da área irrigada no estado. “A irrigação é responsável pelo aumento da produtividade em até quatro vezes, sem a necessidade de abertura de novas áreas, reduzindo muito a pressão sobre remanescente nativos.”

A consultora da Faeg ressalta ainda a importância da irrigação para contribuir para a alimentação do planeta. “A irrigação é a grande alternativa para garantir a segurança alimentar à população mundial.”

Estimativas de organismos internacionais indicam que o planeta precisará aumentar em 70% sua produção para garantir segurança alimentar à população global. Apontado como responsável por 60% da expansão agrícola, o Brasil necessita avaliar cada vez mais alternativas como a irrigação para ser um grande fornecedor mundiais de alimentos.

Programação 31/8/2017

Local: Auditório da FAEG

14h: Inscrições

14h30: Abertura

Palestra de abertura

15h: “Panorama econômico e político do país: Para onde vamos? ” – Miguel Daoud – Canal Rural

16h: Política Nacional de Recursos Hídricos e Cobrança pelo uso da água – Jordana Sara – Faeg

16h40: Debate

Painel 1: Construindo Ambientes Produtivos

17h: Nova proposta para estimativa da quantidade de água utilizada na agricultura irrigada – Lineu Rodrigues – Embrapa Cerrados

17h40: Construção do Ambiente de Produção para Alta Produtividade – Dirceu Broch consultor da MS Integração

18h20: Debate

18h40: Coquetel e Visita Estandes

Programação 1º/9/2017

Painel 2: Sistemas e Tecnologias de Irrigação na Agricultura

8h30: Agricultura de Precisão e Irrigação – Dr. Luis Henrique Bassoi – Embrapa Instrumentação

9h10: Espaço patrocinador

9h20: Viabilidade da Irrigação e comparação com áreas de sequeiro – Cláudio Toledo – Engenheiro Agrônomo

9h50: Pivot: Levando tecnologia ao Campo – Leonardo Jacinto

10h: Debate

10h20: Coffee Break

Painel 3: Sistemas e Tecnologias de Irrigação na Pecuária

10h35: Alta Produtividade na Integração Lavoura-Pecuária com Sistemas Irrigados – Dirceu Broch consultor da MS Integração

11h15: Ágil: Regularizando propriedades rurais – Fernando Godoy

11h25: O impacto da irrigação da pastagem nos resultados de sistemas de produção pecuária – Adilson de Paula Almeida Aguiar – Consultor Consupec e professor da Faculdades Associadas de Uberaba (Fazu)

12h05: Espaço patrocinador

12h15: Debate

12h35: Intervalo para almoço

Painel 4: Alternativas Energéticas para a Irrigação

14h: Plano Estratégico de Investimentos da ENEL GOIÁS para o setor rural – representante

14h20: Sistemas de geração de energia fotovoltaica e a sua regulamentação – José Carlos engenheiro eletricista e diretor executivo da MTEC Energia

15h: Avanço da energia fotovoltaica no campo – Vitor Gaiardo engenheiro eletricista e produtor rural

15h40: Programas de Financiamento direcionados para energias renováveis e irrigação em Goiás –Danilo Ferreira Gomes – Secretário Executivo do FCO

16h: Espaço patrocinadores

16h30: Debate e Encerramento

16h50: Coffee Break

Da redação

 

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: