Greenpeace: 36% dos alimentos têm agrotóxico proibido ou acima do limite

Gemüse
Alimentos com agrotóxicos ameaçam saúde do consumidor – Foto: Brasil/Gov/Br

Trinta e seis por cento de alimentos comuns à dieta do brasileiro e vendidos em três feiras livres de São Paulo e Brasília contêm resíduos de agrotóxicos proibidos ou acima do limite, segundo pesquisa inédita do Greenpeace e divulgada pelo site UOL.

A pesquisadora Karen Friedrich, da Fiocruz, alerta: o consumo de agrotóxicos causa, entre outros problemas, alterações hormonais, comprometimento da tireoide, dos hormônios sexuais e até câncer.

Leia trechos da reportagem de Carlos Madeiro no UOL:

O levantamento foi feito entre os dias 11 e 13 de setembro com alimentos comprados nas centrais de abastecimento de São Paulo e Brasília e na zona cerealista de São Paulo.

 Os alimentos comprados para a pesquisa foram: arroz branco, arroz integral, feijão preto, feijão carioca, mamão formosa, tomate, couve, pimentão verde, laranja, banana nanica, banana prata e café.

Os 12 itens foram comprados nas feiras e as amostras enviadas ao Laboratório de Resíduos de Pesticidas do Instituto Biológico de São Paulo, ligado ao governo do estado.

“Os resultados são preocupantes”, diz o estudo, citando que os resíduos ilegais incluem “agrotóxicos não permitidos para determinadas culturas e casos em que foram encontrados limites acima dos máximos estipulados por lei”.

Em 17 amostras, foi observada a presença de mais de um tipo de agrotóxico.

Em duas amostras de pimentão, uma de São Paulo e uma de Brasília, foram encontrados sete tipos de resíduos, incluindo agrotóxicos proibidos para esse alimento.

Leia aqui a íntegra da reportagem.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: