Valor bruto da produção em 2017 é de R$ 539 bi, segundo o Mapa

a - algodao 20 a
Algodão é um dos destaques do VBP no ano – José Fabiano Perina/Embrapa

O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária em 2017 é estimado em R$ 539 bilhões, 1,87% acima dos R$ 529,2 bilhões de 2016, de acordo com a Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com base em informações de novembro deste ano.

Com o bom resultado da safra, as lavouras alcançaram R$ 364,7 bilhões, aumento de 4,97% no valor. Já pecuária atingiu R$ 174,4 bilhões – redução de 4,1% no faturamento. O resultado é atribuído principalmente ao desempenho desfavorável das carnes bovina e de frango, cujos preços ficaram abaixo do ano anterior.

“A redução do preço da carne bovina foi forte, passando de R$ 147,3 por arroba, em 2016, para R$138,2, em 2017. Na carne de frango o preço do quilo caiu de R$ 4,10 para R$ 3,64”, diz o coordenador-geral de Estudos e Análises da SPA, José Garcia Gasques.

Mesmo com os bons resultados da safra de grãos, acrescenta Gasques, os preços que se mantiveram abaixo do ano passado na maior parte dos produtos analisados pela SPA.

Os melhores resultados apresentados no estudo do VBP foram o do algodão (+72,9%), da cana-de-açúcar (+28,4%), da mandioca (+87,9%) e uva (+52,2%). Também tiveram bom desempenho o milho, a soja, a laranja e o arroz. Na pecuária, suínos e leite obtiveram ganhos reais de 9,7% e 9,9%, respectivamente.

Um conjunto de produtos teve forte queda no faturamento em 2017. Entre eles, a banana (-25,9%), a batata inglesa (-48%), o cacau (-27,9%), o café (-14%), a cebola (-48%), o feijão (-24,7%), a mamona (-40,1%), o trigo (-37,5%) e a maçã (-22,1%).

Segundo Gasques, a redução de preços de alguns produtos (cereais, leguminosas e oleaginosas) teve impacto no recuo da taxa de inflação de 2017, porque eles têm destacada participação na alimentação.

O resultado do VBP regional mostra que o maior valor continua sendo obtido no Sul (R$ 142,5 bilhões), seguido do Centro-Oeste (R$ 139,9 bi), Sudeste (R$ 137,1 bi), Nordeste (R$ 50,3 bi) e Norte (R$ 32,9 bi).

Da redação, com informações do Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: