Exportação será crucial para o setor de frango em 2018

a - exportacao carne frango
Foto: ANPr/ SINDIAVIPAR/Fotos Públicas

A produção brasileira de carne de frango pode crescer 3,34% em 2018 frente a 2017. A demanda, por sua vez, deve aumentar menos, entre 1,32% e 1,57%, o que indica que o Brasil terá excedente do produto este ano. Com isso, o setor dependerá fortemente das exportações.

Este é o cenário projetado para a avicultura em 2018 pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Cepea/Esalq/USP).

Segundo pesquisadores do Cepea, a dependência das exportações reforça a necessidade de a avicultura nacional continuar cumprindo os requisitos sanitários exigidos por importantes demandantes internacionais.

Quanto ao escoamento no mercado doméstico, assinala o Cepea, a competitividade da carne de frango mais elevada – em decorrência dos preços mais baixos em 2017 – pode aquecer o consumo nacional.

Além disso, a possível recuperação da economia e a melhoria de outras variáveis macroeconômicas em 2018 tendem a favorecer a demanda interna, à medida que eleva o poder aquisitivo da população.

Carne suína

Já o consumo de carne suína, conforme o Cepea, pode aumentar 1,63% em 2018, correspondendo a 49,6 mil toneladas a mais frente ao estimado para 2017. O incremento na demanda tem como base o cenário mais conservador de crescimento do PIB previsto pelo Banco Central do Brasil (BC), de 0,62% em 2018. A produção de carne suína deve ter elevação de 2,38%.

Com isso, ressalta o Cepea, os excedentes exportáveis seriam 5,27% superiores em 2018 frente ao ano anterior. Neste contexto, o desafio da suinocultura nacional neste ano será ampliar os destinos da carne brasileira no mercado externo.

Em 2017, os maiores importadores da carne suína brasileira foram Rússia, Hong Kong e China, que, juntos, adquiriram 68,4% de todo o volume embarcado até novembro.

Caso o consumo nacional de carne suína aumente mais, a quantidade de excedentes exportáveis tende a aumentar menos.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: