Parceria apoiará pecuária leiteira em Mato Grosso

ordena leite coopernova
Foto: Gabriel Faria/Embrapa

A Cooperativa Agropecuária Mista Terranova Ltda. (Coopernova) e a Embrapa Agrossilvipastoril assinaram contrato de cooperação técnica para apoiar a pesquisa e o fomento à pecuária de leite na região norte de Mato Grosso. O acordo tem duração de três anos e prevê a capacitação de técnicos, melhoria genética do rebanho e incentivo aos sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF).

A Embrapa fará a capacitação da equipe técnica da Coopernova e acompanhará os profissionais, tirando dúvidas e dando orientação. Com sede em Terra Nova do Norte, a cooperativa tem um parque agroindustrial para beneficiamento da produção dos cooperados – a maioria produtores familiares –, incluindo laticínios, beneficiamento de frutas e uma fábrica de ração e suplementos minerais.

A chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Agrossilvipastoril, Roberta Carnevalli, diz que metade dos touros girolando de sangue 5/8 nascidos no experimento de ILPF com pecuária leiteira, conduzido pela empresa em Sinop, será doada à Coopernova. A cooperativa vai distribuí-los entre os cooperados para contribuir com a melhoria do rebanho da região.

O contrato da parceria prevê ainda que a Coopernova comprará todo o leite produzido no experimento de ILPF e disponibilizará um funcionário para auxiliar na ordenha e demais atividades de manejo do rebanho. Diariamente são tirados mais de 500 litros de leite.

Conforme o termo de cooperação, parte dos recursos da venda do leite será gerida pela cooperativa e usada em pequenas despesas de custeio do experimento.

Experimento ILPF

O experimento de ILPF com pecuária leiteira da Embrapa Agrossilvipastoril conta hoje com 32 vacas girolandas, com grau de sangue entre ¾ e 7/8, em lactação.

Os animais estão sendo divididos em três lotes: um ficará numa pastagem sem sombra, outro em piquetes com sombreamento de árvores nas bordas e o terceiro com sombreamento no meio dos piquetes, por meio de renques com linhas triplas de eucalipto.

O objetivo principal do experimento, assinala Roberta Carnevalli, é avaliar o efeito da sombra na produção leiteira. Outros aspectos também serão avaliados, como a qualidade do leite, sanidade do rebanho, comportamento animal e efeitos na reprodução.

Os bezerros nascidos no experimento ficam em piquetes arborizados com espécies frutíferas, como cajá, caju, acerola e goiaba. Assim, desde cedo, os animais têm acesso à sombra das árvores e o produtor que adota o sistema ainda tem uma fonte alternativa de renda com a comercialização das frutas.

O experimento de pecuária leiteira da Embrapa Agrossilvipastoril é também uma das unidades de referência tecnológica de ILPF que contam com apoio da Rede ILPF. Além de possibilitar a coleta de dados científicos, o espaço é usado para a transferência de tecnologias, por meio de dias de campo e visitas técnicas.

Da redação, com Embrapa

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Um comentário em “Parceria apoiará pecuária leiteira em Mato Grosso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: