Aberta 2ª fase de programa voltado à sustentabilidade do Cerrado e Caatinga

logo rural sustentavel

Está aberta a segunda fase do Rural Sustentável. De acordo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o programa conta R$ 150 milhões. Os recursos se destinam ao treinamento de agentes de assistência técnica que auxiliem produtores rurais na execução de ações com tecnologias de baixo carbono nos biomas Caatinga e Cerrado.

Podem participar pequenos e médios produtores beneficiários ou elegíveis para credito rural, que tenham propriedade com regulamentação fundiária e ambiental. Produtores e integrantes de instituições de assistência técnica e extensão rural (ATER) interessados em participar do Rural Sustentável devem se cadastrar no site do programa.

O programa é resultado de parceria do Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais (Defra), do Reino Unido, com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Banco Internacional de Desenvolvimento (BID).

O objetivo é aprimorar técnicas utilizadas no campo para a redução da emissão de carbono. Com isso, o programa apoia o Plano ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) do Mapa, promove a proteção do clima e contribui para melhorar a renda do produtor rural.

Representante do Mapa no programa, Pedro Corrêa adianta que serão utilizados na segunda fase do Rural Sustentável os conhecimentos assimilados na primeira etapa, buscando cada vez mais expandir a agricultura de baixa emissão de carbono, “tendência da agricultura mundial entre produtores de regiões como essas”.

O representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán, acrescentou que “o sucesso do programa permitiu chegar a esta segunda fase, que permitirá provar novas tecnologias que podem ser aplicadas não somente em biomas brasileiros, mas também em outros lugares na América Latina”.

A primeira fase do projeto continua sendo executada em áreas da Amazônia e da Mata Atlântica, em sete estados e 10 municípios.

Da redação, com informações do Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: