Em 4 meses, 171 pacientes acionam Justiça em busca de UTIs

152526700215979451 (3)
Pedro Ventura/Agência Brasília

Dados da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) mostram que, nos primeiros quatro meses de 2018, 171 ações foram impetradas pelo órgão na tentativa de conseguir leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na rede pública do Distrito Federal.

Em 2017, de acordo com apuração do site Metrópoles, 709 ações judiciais foram movidas pelos defensores públicos na tentativa de conseguir as vagas. Porém, por uma limitação do próprio sistema público do DF, que hoje possui 416 leitos, com 65 bloqueados, nem todos conseguem tratamento.

Vale ressaltar ainda que, para cada 10 vagas de UTI, é necessária uma equipe formada por um médico, um enfermeiro, cinco auxiliares de enfermagem e um fisioterapeuta: o que esbarra diretamente no déficit de profissionais na rede pública de saúde do DF.

Na maioria dos casos, afirmou o defensor público Danniel Vargas de Siqueira, do Núcleo de Saúde da DPDF, os pacientes não têm mais tempo a esperar, pois correm risco de morte.

“A espera por um leito é angustiante, tanto para os familiares do paciente quanto para nós, defensores públicos, que fazemos o nosso melhor para o direito universal, integral e igualitário de acesso à saúde ser cumprido”, disse o defensor público.

Clima piora situação

Com o frio, as doenças respiratórias aumentam ainda mais a necessidade de internação em UTIs, especialmente para crianças e recém-nascidos em estado grave. Hoje, há 20 meninos na fila, além de sete bebês.

SES-DF responde

O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, admitiu que a realidade está longe do ideal. No entanto, assegurou, houve avanços na área. Na última sexta-feira (27/4), a pasta assinou contrato para abrir mais 13 vagas de UTI, em Ceilândia.

“Com essa nova aquisição, passamos a ter 71 leitos contratualizados. No entanto, nosso maior problema ainda é a falta de pessoal”, explicou Humberto Fonseca. “Mesmo assim, nos últimos três anos, nomeamos 8,1 mil concursados”, completou.

Da Redação, com informações do site Metrópoles

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: