MG: Anater qualifica extensionistas para apoiar 1.795 agricultores familiares

agricultura minas
Foto: Anater/Divulgação

A Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) começou, nesta semana, as ações do Projeto D. Helder Câmara em Minas Gerais. Realizada em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), a iniciativa qualificará os extensionistas que executarão as atividades com 1.795 famílias de agricultores de 58 municípios. Os cursos serão realizados até sexta-feira (11), em Montes Claros e Diamantina.

Realizado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e seus parceiros, entre eles, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), o D. Helder Câmara é um programa de ações de combate à pobreza e apoio ao desenvolvimento rural sustentável no Semiárido.

A Anater é parceira da Sead na execução das ações de assistência técnica e extensão rural (Ater) do projeto em MG, um investimento de cerca de R$ 6 milhões.

A agência também está com chamada pública aberta para seleção de entidades executoras de Ater para prestar assistência a 4.565 famílias de 82 municípios, com investimento de cerca de R$ 12 milhões.

No total, as duas ações atenderão 6.630 famílias em 140 municípios mineiros, em sua maioria na região de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com investimento de R$ 18 milhões.

Até abril de 2020, prevê o projeto, as famílias beneficiadas receberão ampla assistência e consultoria para elaboração de projetos técnicos, como se preparar para atuar no mercado e disponibilidade de linhas de crédito, entre outros.

O presidente da Anater, Valmisoney Moreira Jardim, destaca que a Anater tem uma nova proposta de assistência ao produtor, integrada às políticas públicas voltadas para o setor, com diagnóstico, monitoramento e avaliação de resultados.

“Chamamos essa proposta de nova Ater, que tem um viés no desenvolvimento comunitário sustentável, visando gerar conhecimento dentro da própria comunidade. É uma forma de assistência que possibilita levar para o campo uma nova estrutura, elevando a abrangência e a qualidade da assistência a ser ofertada aos agricultores e suas organizações econômicas”, ressalta o presidente.

MG também integra o Projeto Piloto da Anater,  que beneficia 2 mil agricultores familiares, com investimento de R$ 6.119.122, cujas ações serão realizadas até 2020.

Além de Minas Gerais, o projeto D. Helder Câmara está sendo realizado nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Espírito Santo, beneficiando 60 mil famílias de agricultores.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: