Coreia do Sul abre mercado à carne suína brasileira

 

maggi 17 5
Foto: Antonio Araujo/Mapa/Arquivo

A Coreia do Sul liberou a compra de carne suína brasileira, anunciou nesta quinta-feira (17) o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, em Xangai, na China, onde participa de visita à Sial, maior feira de alimentação do Oriente. O mercado sul-coreano movimenta US$ 1,5 bilhões por ano com a importação do produto.

Segundo Maggi, inicialmente as exportações sairão de Santa Catarina. “Já temos quatro estabelecimentos credenciados”, informou o ministro, em mensagem enviada por meio de aplicativo.

Conforme Maggi, a expectativa é que as negociações com a Coreia do Sul possam avançar ainda mais, devido ao reconhecimento do Brasil como livre de aftosa com vacinação.

O país deve ter seu novo status sanitário para aftosa declarado durante a reunião da OIE (Organização de Saúde Animal), que começa no próximo domingo (20) e vai até sexta-feira (25), em Paris.

O anúncio feito por Blairo Maggi nesta quinta animou a cadeia produtiva de carne brasileira, tendo em vista que ontem a União Europeia anunciou oficializou o embargo à carne de frango de 20 frigoríficos e também proibiu a importação de pescado nacional. No caso do frango, a UE alega falta de controle sanitário. Em relação ao pescado, o problema seria a fragilidade na fiscalização das embarcações que exportam.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: