Com a paralisação, preços do milho seguem em alta e se aproximam de R$ 45/saca de 60 kg

 

milho 28 5
Foto: Embrapa/Arquivo

A paralisação de caminhoneiros tem comprometido o escoamento do milho aos principais centros consumidores. O relato de muitos compradores consultados pelo Cepea é de que os estoques estão curtos e que, em alguns casos, indústrias já reduzem o ritmo de processamento.

Vendedores, por sua vez, estão retraídos, atentos à produtividade das lavouras da segunda safra. Nesse ambiente, os preços do milho seguem em alta, se aproximando de R$ 45/saca de 60 kg, o maior patamar nominal desde agosto de 2016.

Na região consumidora de Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa avançou 3,8% entre 18 e 25 de maio, a R$ 44,23/saca de 60 kg na sexta-feira (25).

Da redação, com Cepea

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: