Sem apoio do governo estadual, produção da agricultura familiar de RO cai 41%, diz deputado Luiz Cláudio

 

luiz claudio 22 6
Deputado Luiz Claúdio: situação insustentável – Gustavo Lima /Câmara dos Deputados

A produção da agricultura familiar de Rondônia caiu 41% entre as safras de 2010/2011 e 2016/2017, disse nesta sexta-feira (22) o deputado federal Luiz Cláudio (PR-RO), com base em dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A redução, ressaltou o parlamentar, é resultado da falta de apoio do governo do estado aos agricultores familiares. As culturas mais afetadas são as de arroz, feijão e milho 1ª safra.

Na temporada 2010/2011, assinalou o deputado, a safra desses três produtos em Rondônia foi de 416.572 toneladas. No ciclo 2016/2017, a produção caiu para 245.700, acrescentou Luiz Cláudio. Nesse período, a queda da colheita de arroz foi de 34,38%; a de milho 1ª safra, 47,19%, e a de feijão, 30,26%.

“O governo do estado de Rondônia não tem uma política pública de fomento à agricultura familiar. Com isso, não há incentivo ao uso de sementes certificadas nem à mecanização da atividade agrícola”, observou Luiz Cláudio. “E o resultado da falta de política pública estadual que incentive a agricultura familiar é essa enorme queda da produção de arroz, feijão e milho.”

De acordo com o deputado, a situação é extremamente preocupante porque 85% das propriedades rurais de Rondônia são da agricultura familiar. “Os agricultores familiares sempre impulsionaram o desenvolvimento econômico municipal e regional, porque todos os ganhos que eles têm são investidos nas próprias localidades. Com essa queda, houve enormes perdas para os municípios e o estado, com a consequente redução do poder aquisitivo das famílias.”

Ainda conforme Luiz Cláudio, a agricultura familiar não é apenas a grande responsável pela produção de alimentos para o consumo da população rondoniense, mas também gera emprego e renda no campo. “É necessário reverter esse cenário para garantir o futuro da agricultura familiar no estado e retomar o crescimento das economias municipais. Esse é um cenário lamentável e insustentável, do qual Rondônia tem que sair logo.”

Luiz Cláudio afirmou ainda que a diminuição da produção de agricultura familiar de Rondônia tem reflexo, igualmente, no custo de vida. “Com safras menores, o estado é abastecido por outras partes do país, o que eleva o preço dos alimentos para os rondonienses. Num momento de crise no país como o atual, isso impõe ainda mais sacrifícios à população”, enfatizou o deputado, para quem é inadmissível a ausência de política pública de apoio aos agricultores familiares.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: