Preço do frango sobe e favorece competitividade da carne suína

carne suina 29
Carne suína está mais cara neste mês, diz Cepea- CC0 Creative Commons/Pixabay

Os preços das três carnes mais consumidas no Brasil (bovina, suína e de frango) têm apresentado seguidas recuperações no correr deste segundo semestre, de acordo com pesquisas do Cepea. Em novembro, o movimento de alta nas cotações das proteínas segue firme, mas em diferentes intensidades. Com isso, considerando-se as três proteínas negociadas no atacado da Grande São Paulo, verifica-se que a carne suína tem perdido a competitividade frente à bovina, mas aumentado a vantagem em relação ao frango.

O aumento nos preços da carne suína se deve à redução na oferta de animais para abate, em decorrência da saída de produtores da atividade, e ao melhor desempenho das exportações brasileiras da proteína.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta