Exportação elevada impulsiona preços domésticos do frango

carne de frango 22 2 19
Embarques aquecidos têm reflexo nas cotações internas do frango – Agência Brasil/Arquivo

Os preços da carne de frango in natura têm apresentado altas expressivas neste mês, impulsionados pelo ritmo aquecido dos embarques brasileiros da proteína e também pela menor oferta doméstica. Como o mercado esteve desfavorável ao setor em boa parte de 2018, os avicultores decidiram reduzir a produção.

No acumulado de fevereiro (até o dia 21), o frango inteiro congelado negociado no atacado da Grande São Paulo se valorizou 5,1%, com o preço médio a R$ 4,34/kg na quinta-feira (21).

Para o produto resfriado, a alta foi ainda mais intensa, de 8,2%, com negócios a R$ 4,42/kg no dia 21.

Entre os cortes acompanhados pelo Cepea no mercado paulista, o peito de frango resfriado foi o que teve a maior valorização no acumulado parcial de fevereiro, de 4,2%, fechando a R$ 5,45/kg nessa quinta-feira.

Quanto às exportações, conforme dados da Secex, nos primeiros 11 dias úteis deste mês, a quantidade média diária de carne de frango exportada pelo Brasil foi de 16,84 mil toneladas, volume 42,1% superior ao registrado em janeiro, quando era de 11,85 mil t/dia.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: