Preços da batata têm forte alta em outubro com a normalização da colheita

Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

Os preços da batata vêm registrando acentuadas altas neste mês frente a setembro. Na primeira quinzena de outubro (1° a 16), o valor médio do tubérculo tipo especial lavado foi de R$ 96,27/sc, 76% acima do registrado em setembro.

Segundo colaboradores do Hortifrúti/Cepea, o volume colhido em setembro era maior, devido ao pico da safra de inverno. Além disso, as atividades foram aceleradas pelas altas temperaturas e falta de chuvas.

Já em outubro, a disponibilidade diminuiu – a desaceleração da safra de inverno é comum nesta época, principalmente em Vargem Grande do Sul (SP), que sempre encerra as atividades em outubro.

As temperaturas também diminuíram um pouco, normalizando o ritmo da colheita, já que não há receio de perdas em termos de volume e qualidade.

Para novembro, a perspectiva é de que a oferta se mantenha controlada, devido ao “adiantamento da oferta” em setembro.

Além disso, o La Niña pode reduzir os volumes de chuva no Sul do país e afetar o plantio/desenvolvimento das lavouras da safra das águas de 2020/21.

Segundo a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA), o fenômeno se iniciou em agosto deste ano, e, de acordo com a agência australiana Bureau de Meteorologia (BOM), pode se estender até fevereiro de 2021.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta