China simplifica processo de compra de carnes brasileiras

bandeira-china-1 3 19

A China aprovou novo formato de credenciamento de veterinários oficiais brasileiros aptos a assinar Certificados Sanitários Internacionais (CSI) para aquele mercado. A decisão da autoridade sanitária chinesa atende proposta apresentada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Com as novas regras, em vez de cada auditor fiscal federal agropecuário poder assinar CSIs apenas por um estabelecimento específico, será criada uma lista única de veterinários habilitados para emissão de certificados sanitários internacionais em qualquer um deles desde que esteja habilitado pela China.

Segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Mapa, a medida reduz a possibilidade de retenções de carregamentos brasileiros em portos chineses por causa de divergências entre as assinaturas constantes na lista e nos CSIs emitidos pelo Mapa.

As novas regras valem para carnes bovina, suína e de aves. Em 2018, o Brasil exportou US$ 2,593 bilhões em carnes para a China. O país é o maior comprador de carnes brasileiras, com 17,6% do total das exportações do produto.

Da redação, com Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: